Escolas preparam a equipe pedagógica para a volta às aulas

Não são apenas os alunos que precisam se preparar; professores e coordenadores recebem treinamento para dar início ao ano letivo

Na maior parte das escolas da rede pública e particular, as aulas devem começar no dia 13 de fevereiro. Algumas retornam antes, como é o caso da Escola Atuação que começa as atividades letivas no dia 1o de fevereiro. Com o calendário letivo a postos, já é hora da equipe pedagógica começar a entrar no clima.

“O papel da escola está mudando muito rapidamente. Hoje os alunos têm informação vinda de todas as partes, principalmente pelo fácil acesso a tecnologia. Diante desse cenário, a escola precisa repensar o seu papel e pensar sobre esse ‘novo’ aluno”, explica a diretora da Escola Atuação, Esther Cristina Pereira.

Para a semana pedagógica, a educadora montou quatro grupos a serem trabalhados. Grupo 1: gestores, coordenadores e equipe de RH; Grupo 2: professores; Grupo 3: alunos e Grupo 4: família.

“Começamos pelos gestores e coordenadores e seguimos em um efeito cascata para atingir toda a nossa comunidade escolar”, explica Esther Cristina. Para conversar com esse primeiro grupo, o consultor educacional Renato Casagrande foi convidado para falar sobre as boas práticas de gestão de um líder educacional. “Com esse encontro fazemos um trabalho de reflexão das expectativas para o ano, antes de dar início aos trabalhos em si dentro da escola”, conta Casagrande.

Ele diz que os alunos estão sem referência de valores após tantos escândalos no cenário brasileiro. “Temos o caso da Lava Jato que envolve nomes de grandes empresários e líderes do país que deixam de ser referência para a nossa sociedade. Com isso as questões éticas ficam bastante abaladas e precisam de um resgate de valores. Cabe também à escola contribuir nessa reflexão, ser mais que um ambiente de formação”, diz o consultor educacional.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.