Pais devem ficar atentos com a mochila escolar dos filhos

Em época de compra de material escolar, pais e filhos devem ficar atentos com os gastos financeiros, os personagens favoritos que estampam os produtos e também com a mochila. Muito utilizada pelas crianças para transportar livros, cadernos, agendas, estojos e outros itens, ela pode causar problemas à saúde pelo excesso de peso.

Especialistas recomendam que os estudantes não carreguem mais do que 10% do seu peso corporal. Por exemplo; se uma criança pesa 30 quilos, ela não deve levar mais do que 3 quilos na mochila. Parece fácil, mas a carga é facilmente ultrapassada, principalmente quando a escola cobra muitos materiais.

Preocupada com a saúde Antônio, de 6 anos, a cerimonialista e produtora de eventos Vanessa Luz, optou por uma mochila com rodinhas para o filho. “Como ele está no segundo ano do ensino fundamental, já carrega muitas apostilas. Acho um excesso de material e por isso falo com os diretores para que mantenham alguns livros e apostilas no colégio”, acrescenta Vanessa.

 

Escolha certa

O gerente da Livrarias Curitiba da Boca Maldita, Sandro Costa, destaca que antes de comprar a mochila, é fundamental observar o peso dela vazia. “Ela não deve ter o máximo de meio quilo, possui alças grossas, acolchoadas e reguláveis. Para quem tem filhos pequenos, o ideal é que venham com rodinhas”, explica. “É necessário aliar esses itens técnicos ao gosto da criança, que geralmente se atrai pela cor e pelo personagem”, complementa.

Entre os modelos que mais fazem sucesso nas lojas da Livrarias Curitiba estão as mochilas da Minnie e Mickey, Moana e Lady Bug.

 

Veja como escolher e usar a mochila:

Aos 4 ou 5 anos é ideal que a criança use apenas mochila com rodinhas. Entre os 6 e 7 anos é recomendada a mochila com rodinhas e quem quiser, pode carregar nas costas, desde que não haja excesso de peso.

Para evitar dores é preciso cuidar com a forma e o tamanho da mochila, que não deve ultrapassar o comprimento do tronco da criança. É importante usar alças nos dois ombros para distribuir melhor o peso e jamais usar a mochila na frente do corpo.

As alças precisam estar bem ajustadas para que a mochila fique rente à altura dos ombros, evitando sobrecarga na região do pescoço. Escolha produtos com alças grossas, acolchoadas e reguláveis. (Joao Alecio Mem)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.