5 dicas para enfrentar o clima seco

Nos últimos dias, o forte calor não tem dado trégua. Com temperaturas acima dos 30 graus em todo o estado, vale de tudo para tentar se refrescar: aquela garrafinha de água que não sai da bolsa, uma roupa mais fresquinha, e quem sabe até uma sombrinha para se proteger do sol. Mas o que você faz para encarar esse clima tão seco?

Segundo a alergologista Rosaly Vieira dos Santos, da Otorrinos Curitiba, além de ficar de olho na saúde, é preciso tomar algumas medidas de higiene em casa. Tanto o excesso quanto a baixa umidade do ar podem levar a doenças, especialmente as respiratórias.

“É importante ter um equilíbrio dessa umidade, especialmente em casa, onde é possível controlar melhor a qualidade do ar. A baixa umidade promove um ressecamento da mucosa respiratória, o que a torna mais suscetível à inflamação. Pode haver o aumento da frequência de coriza, sangramento nasal, tosse, chio no peito e pneumonias”, alertou a especialista.

Para ficar longe desses problemas e aproveitar o resto do verão numa boa, a doutora Rosaly listou cinco dicas importantes para enfrentar o clima seco. Confira:

1 – Beba bastante líquido: nos dias secos, tome bastante líquido, principalmente água. A água auxilia no emagrecimento, melhora a pele, as funções renais e atua no transporte e absorção de nutrientes.

2 – Umidifique o ambiente: com moderação é possível usar umidificadores de ar. É importante lembrar que o ambiente não deve ficar úmido demais, pois favorece o crescimento de fungos, bactérias e ácaros. O ideal é que a umidade fique entre 55% e 60%. Outra dica é limpar com regularidade ventiladores e filtros de ar condicionado.

3 – Use soro fisiológico: lave as narinas com soro fisiológico, pois ele ajuda a diminuir o desconforto no nariz. Evite usar apenas água pura ou soro caseiro para a limpeza nasal, já que o soro fisiológico tem composição mais próxima dos líquidos corporais. Manter a mucosa nasal hidratada evita sangramento nasal e dificulta a penetração de pólen pela mucosa.

4 – Mantenha a casa limpa: casa limpa é sinônimo de casa saudável, mesmo para quem não é alérgico. Ventile o ambiente e evite produtos de limpeza com odor forte (que são fatores irritantes para a mucosa respiratória). Quando for limpar a casa, utilize pano úmido para que a poeira fique no pano e não no ar.

5 – Fique de olho no horário da sua atividade física: evite realizar atividade física entre às 10h e 17h, quando geralmente a umidade do ar está mais baixa. Mesmo em ambientes fechados, dentro de casa ou da academia, o ar também vai estar seco.

Sobre Rosaly Vieira dos Santos

Rosaly Vieira dos Santos é alergologista, com mestrado em Alergia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), doutorado em Alergia pela UFPR e Universidade Humboldt (Alemanha) e pós-doutorado em Alergia e Urticária pela Universidade Humboldt, Hospital Charité – Berlim, Alemanha.

Sobre a Otorrinos Curitiba

A Otorrinos Curitiba é a mais nova referência no atendimento da área de otorrinolaringologia da capital paranaense. Inaugurada em setembro de 2015 no bairro Mercês, a clínica possui estrutura moderna, excelente localização, tecnologia de ponta e profissionais altamente renomados para oferecer o melhor atendimento aos pacientes.

A Otorrinos Curitiba possui horário de atendimento diferenciado: de segunda a sexta, das 8h às 22h, e aos sábados, das 9h às 17h. Para maior comodidade dos pacientes, possui estacionamento no local.

A clínica atende aos seguintes convênios: Unimed, Amil Assistência Saúde, Bradesco Saúde, Copel, Cassi, Evangélico Saúde, Mediprev, Sanepar, Saúde Caixa, Sinam, SulAmérica e Voam.

Serviço:

Otorrinos Curitiba
Rua Doutor Roberto Barrozo, 1381, 1º andar – Mercês
Telefone: (41) 3335-0302 / 3336-9640 / 3339-4084
Site: www.otorrinoscuritiba.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.