BR-277 tem aumento de 20% em panes durante temporada de verão 2017

Desde o começo da atual temporada de verão, mais de 1,1 milhão de veículos trafegaram pelas rodovias administradas pela Ecovia: BR-277, no trecho entre Curitiba e Litoral, e PRs 508 e 407. O volume é similar ao da temporada 2015/2016, mas o total de veículos atendidos por pane nas estradas aumentou em 20% no mesmo período. O fator de maior influência neste aumento é a falta de manutenção veicular.

Somente no mês de janeiro passado, a Ecovia realizou mais de mil remoções veiculares por pane mecânica, quando o veículo apresenta problemas de motor. Isso representa mais de 50% do total de ocorrências nas rodovias administradas pela concessionária. O segundo principal motivo de remoção é o pneu furado com 85 registros no primeiro mês do ano. Para dar conta desse aumento de ocorrências, a concessionária ampliou em 80% o número de veículos/guinchos para atendimento aos usuários.

“Tanto a pane mecânica, quanto os problemas com pneus podem ser evitados com medidas preventivas e cuidados com o kit de pneus do veículo. Antes de pegar a estrada para viagem, o condutor deve fazer uma revisão no automóvel, verificando os itens básicos, como nível de óleo, filtros, freio e até calibragem, além do abastecimento de combustível, que precisa ser suficiente para toda a viagem”, orienta o gerente de Atendimento da Ecovia, Raul Boff.

Boff destaca que, além do incômodo para o próprio viajante, que precisa interromper a viagem por falta de manutenção veicular, as panes secas e mecânicas comprometem também a segurança viária, pois refletem no fluxo normal de veículos pela rodovia, mesmo quando são usados somente os acostamentos. “Quando um automóvel para sobre a rodovia, ele pode causar inúmeros problemas, desde retenções até a exposição de motorista e passageiros aos riscos da rodovia, principalmente no trecho da serra, que possui curvas sinuosas”, explica o gerente.

 

Fim de semana

Quem for viajar neste fim de semana (17 a 19) pela BR-277, no trecho Curitiba-Litoral, deve programar sua viagem. O horário com maior movimento na descida da Serra do Mar está previsto para sexta-feira (17), no horário entre 19h e 20h. No retorno de domingo (19), o pico previsto é entre 18h e 19h. A previsão é de que 80 mil veículos circulem pelas rodovias administradas pela Ecovia neste fim de semana.

Para garantir o atendimento a todos os usuários, a Ecovia montou uma base operacional móvel no km 40 da Serra do Mar, na BR-277, que está ajudando a reduzir o tempo de espera em atendimentos e remoções. As três bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), nos km 61, 35 e 11 da rodovia, também oferecem suporte para essas remoções e possuem infraestrutura, café e água para o conforto dos motoristas e passageiros.

 

Sobre a Ecovia – A Ecovia é uma empresa do Grupo Ecorodovias. No Paraná é responsável pela operação e manutenção da BR-277 – rodovia de grande importância comercial e turística na Região Sul, por ligar Curitiba ao Porto de Paranaguá, numa extensão de 84 quilômetros em pista dupla, além dos segmentos rodoviários PR-508 (Alexandra-Matinhos), e PR-407 (Pontal do Paraná). A empresa também presta manutenção nas rodovias de oferta que ligam a BR-277 às cidades de Morretes e Antonina. A Ecovia oferece ainda os Serviços de Atendimento ao Usuário (SAU) nos km 35 e 11 (sentido Paranaguá) e km 61,2 (sentido Curitiba) onde há banheiro, fraldário, café, água e telefone público.

 

Sobre o Grupo Ecorodovias – Ecorodovias é um dos maiores grupos de infraestrutura e logística intermodal do Brasil. Conta com sete concessões rodoviárias nas regiões Sul e Sudeste, somando mais de 1.900 quilômetros de rodovias por onde passam 120 milhões de veículos por ano, representando 52,8% do fluxo de passageiros e turistas, e 48% de toda a carga nacional movimentada no país. 

leandro.cordeiro@ecovia.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.