Curitiba é a nona cidade mais congestionada do Brasil

Em sua 7ª edição, o TomTom Traffic Index traz o ranking das cidades onde os motoristas passam mais tempo no trânsito. Curitiba é a nona cidade mais congestionada do Brasil – o Rio de Janeiro é a primeira e 8ª mais congestionada do mundo.

Foto: Cesar Brustolin/SMCS

TomTom (TOM2) divulgou hoje os resultados do TomTom Traffic Index 2016, relatório anual com informações detalhadas sobre as cidades com os maiores congestionamentos de trânsito do mundo. E para os motoristas no Rio de Janeiro trata-se de uma má notícia, pois a cidade revelou-se a mais congestionada do Brasil. O carioca pode preparar-se para passar em média 47% mais tempo parados no trânsito, a qualquer hora do dia, e até 81% a mais nos períodos de pico no final do dia em comparação a uma situação de fluxo livre, ou sem congestionamentos – acrescentando até 164 horas** a mais de viagem por ano.

As próximas cidades brasileiras que figuram o ranking são Salvador (40%), Recife (37%), Fortaleza (35%) e São Paulo (30%).

Utilizando dados de 2016, o TomTom Traffic Index avalia a situação do congestionamento de trânsito em 390 cidades de 48 países em 6 continentes – de Roma ao Rio de Janeiro, de Cingapura a São Francisco. A TomTom trabalha com 14 trilhões de pontos de dados, acumulados durante nove anos. Este é o sexto ano de existência do TomTom Traffic Index.

Embora o Rio de Janeiro esteja em 8o lugar no ranking global desse ano, a cidade caiu 4 posições em relação ao ano de 2015 e foi destaque na categoria transporte público, com a estruturação da cidade para receber as Olimpíadas. Para Salvador e Recife, duas cidades que estão, respectivamente, em 28o e 43o lugar no ranking mundial, as notícias são positivas, pois houve uma leve diminuição de tráfego congestionado nesses locais.

 

Globalmente, o Congestionamento Aumentou

Avaliando os dados históricos da TomTom, torna-se claro que o congestionamento de trânsito aumentou aproximadamente 13% no mundo desde 2008. Mas, de forma interessante, há diferenças surpreendentes entre os continentes. Enquanto os congestionamentos na América do Norte aumentaram em 17%, na Europa eles aumentaram apenas 2%. O fato pode estar relacionado ao crescimento econômico na América do Norte e à depressão econômica no restante da Europa. Os dados europeus podem ser fortemente influenciados pelos países do sul da Europa como Itália (-7%) e Espanha (-13%), onde ocorreram reduções marcantes nos congestionamentos de trânsito nos últimos oito anos.

Ralf-Peter Schaefer, vice-presidente da TomTom Traffic, declarou: ”O TomTom Traffic Index é divulgado todo ano para auxiliar os motoristas, cidades e planejadores do transporte urbano a entenderem as tendências dos congestionamentos de trânsito, porém, ainda mais importante é descobrir como melhorar a situação global do trânsito. Nós realmente queremos que todos pensem em como reduzir o tempo desperdiçado todos os dias no trânsito – e entendam que cada um de nós deve fazer a sua parte. Mesmo se apenas 5% de nós alterássemos os nossos planos de viagem, o tempo de deslocamento nas nossas principais autoestradas seria reduzido em até 30%***. Coletivamente, podemos trabalhar juntos para vencer os congestionamentos de trânsito”.

As pessoas podem descobrir mais sobre o TomTom Traffic Index e verificar qual é a classificação da sua cidade emwww.tomtom.com/trafficindex. O site também contém orientações úteis sobre como vencer os congestionamentos de trânsito e algumas análises independentes. Pela primeira vez, uma seleção de ‘Perfis de Cidades’ oferece insights sobre as medidas que as cidades estão adotando para melhorar a mobilidade.

 

Classificação geral das cidades mais congestionadas no Brasil em 2016 (nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso):

1 Rio de Janeiro 47% 6 Belo Horizonte 27%
2 Salvador 40% 7 Porto Alegre 25%
3 Recife 37% 8 Brasília 20%
4 Fortaleza 35% 9 Curitiba 20%
5 São Paulo 30% 10

 

Classificação das cidades mais congestionadas Globalmente em 2016 (nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso – população acima de 800 mil habitantes):

1 Cidade do México 66% 6 Istambul 49%
2 Bangkok 61% 7 Chengdu 47%
3 Jacarta 58% 8 Rio de Janeiro 47%
4 Chongqing 52% 9 Tainan 46%
5 Bucareste 50% 10 Pequim 46%

 

Classificação das cidades mais congestionadas da Europa em 2016 (nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso – população acima de 800 mil pessoas):

1 Bucareste 50% 6 Roma 40%
2 Moscou 44% 7 Paris 38%
3 São Petersburgo 41% 8 Bruxelas 38%
4 Londres 40% 9 Manchester 38%
5 Marselha 40% 10 Atenas 37%

 

Classificação das cidades mais congestionadas da América do Norte em 2016 (nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso – população acima de 800 mil pessoas):

 

1 Cidade do México 66% 6 Seattle 34%
2 Los Angeles 45% 7 San Jose 32%
3 São Francisco 39% 8 Toronto 30%
4 Vancouver 39% 9 Miami 30%
5 Nova Iorque 35% 10 Portland 29%


Classificação das cidades mais congestionadas da América do Sul em 2016 (nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso – população acima de 800 mil pessoas):

1 Rio de Janeiro 47% 6 Fortaleza 35%
2 Santiago 43% 7 São Paulo 30%
3 Buenos Aires 42% 8 Belo Horizonte 27%
4 Salvador 40% 9 Porto Alegre 25%
5 Recife 37% 10 Brasilia 20%

 

Classificação das cidades mais congestionadas da Asia em 2016 (nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso – população acima de 800 mil pessoas):

1 Bangkok 61% 6 Tainan 46%
2 Jakarta 58% 7 Beijing 46%
3 Chongqing 52% 8 Changsha 45%
4 Istanbul 49% 9 Guangzhou 44%
5 Chengdu 47% 10 Shenzhen 44%

 

O que a TomTom faz para vencer os congestionamentos?

As autoridades rodoviárias e governos locais podem usar os dados de tráfego da TomTom para administrar melhor o fluxo do trânsito durante a hora do rush. Podemos auxiliar as empresas no planejamento de horários de trabalho mais inteligentes para ajudar seus funcionários a evitar deslocamentos durante a hora do rush. E fornecemos aos motoristas informações do trânsito em tempo real e o roteamento inteligente do tráfego de que necessitam para evitar estradas congestionadas e chegar aonde querem, mais depressa.

 

Como a TomTom calcula o nível de congestionamento?

Explicando de forma simples, a porcentagem do Nível de Congestionamento é o tempo adicional que o motorista levará no trânsito em comparação com uma situação sem congestionamento. Para ilustrar, um nível de congestionamento geral de 36% significa que um deslocamento padrão levará 36% mais tempo do que ocorreria em condições normais do trânsito.

 

Sobre a TomTom

A missão da TomTom (TOM2) é tornar a tecnologia tão fácil de usar que todos se beneficiarão dela. Criamos dispositivos de navegação fáceis de utilizar, ajudando milhões de pessoas a chegarem onde desejam. Atualmente, continuamos simplificando aquilo que é complexo, tornando a tecnologia mais acessível para todos. A TomTom possui quatro unidades de negócio voltadas para seus clientes: Consumidor, Telemática, Automotiva e Licenciamento.Produzimos dispositivos de navegação fáceis de utilizar, relógios esportivos e câmeras de ação para os consumidores. Capacitamos as empresas que possuem veículos a administrar suas frotas com maior facilidade e aumentar a sua eficiência, melhorando ao mesmo tempo o desempenho geral da empresa com as nossas soluções de Telemática. Oferecemos também uma plataforma de mapas em tempo real que é líder mundial e oferece serviços de localização inovadores, ajudando a tornar a direção automatizada uma realidade para a indústria automotiva. A TomTom foi fundada em 1991, é sediada em Amsterdã, possui mais de 4.600 funcionários e vende seus produtos em todo o mundo.

<lucas.azevedo@ogilvy.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.