Grupo RIC faz contratações para reforçar Mídias Digitais

Recentemente, Carolina Rios passou a coordenar o time de comunicação digital do Grupo RIC Paraná. Ela, que consolidou sua experiência nas mídias digitais em diversos produtos da Rede Globo, no Rio de Janeiro, chega ao Grupo RIC com objetivo de contribuir com o fortalecimento da marca na web. “Minha principal missão no Grupo RIC Paraná é fortalecer a imagem da marca nas mídias digitais, além de contribuir para a reestruturação dos canais já existentes de forma que possam fornecer informações de qualidade ao público”, declara Carolina.

Quem também ingressou no time digital do Grupo RIC foi a jornalista e especialista em marketing e gestão empresarial, Simone Lima, na posição de gerente do departamento comercial de mídias digitais das plataformas do Grupo RIC. Com 20 anos de experiência na área comercial de veículos de comunicação do Paraná, Simone já participou de projetos estratégicos de canais multiplataforma. “Pretendo trazer parceiros de peso dos mais variados mercados para as plataformas digitais do Grupo RIC. Pois nossa estrutura que já é boa irá ampliar ainda mais e pretendemos crescer e alavancar os negócios daqueles que acreditam em nosso potencial”, afirma Simone.

 

Simone Lima (esquerda) e Carolina Rios (direita) são as novas contratações da área digital do Grupo RIC | Crédito: Divulgação

 

Grupo RIC Paraná – Grupo RIC Paraná é uma empresa de comunicação multiplataforma, e ocupa a posição de maior geradora de conteúdo regional do Estado. São mais de 600 colaboradores que atuam em seis emissoras de televisão no estado (RICTV Record em Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Toledo e Foz do Iguaçu), três emissoras de rádio (Jovem Pan em Curitiba, Cascavel e Ponta Grossa), uma empresa multiplataforma especializada em música eletrônica e suas vertentes (dance paradise), portal de conteúdo (RIC Mais) e editora de revistas (Top View). Em 2010 foi criado o Instituto RIC de Atitude Social, com foco nas áreas de saúde, educação e meio ambiente. Suas atividades são desenvolvidas no Paraná e em Santa Catarina.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.