Saiba como evitar lesões no joelho e quadril durante a folia de Carnaval

O carnaval está chegando e para as pessoas que irão desfilar nas escolas de samba e clubes, curtir os trios elétricos, participar de blocos de carnaval e, até mesmo, trabalhar nas festas – alguns cuidados devem ser tomados para manter a saúde do joelho e do quadril nestes dias de folia e feriado prolongado.

Os médicos do Instituto Fuchs, Rogério Fuchs e Thiago Fuchs, ortopedistas e especialistas em cirurgia do joelho e quadril, alertam sobre a importância de algumas medidas para prevenir lesões durante os bailes e desfiles de carnaval.

“Para os foliões a dica é usar sempre um calçado adequado, já que o chinelo não protege os pés das irregularidades do solo e não tem o amortecimento necessário. O salto alto deve ser utilizado com muita atenção para evitar torções no joelho e no tornozelo. Além disso, é importante lembrar que permanecer longos períodos em pé, caminhando e dançando de salto alto, exige bastante da musculatura e da articulação do joelho e do quadril”, alerta o doutor Rogério Fuchs, que é especialista em cirurgia do joelho há 36 anos.

Outro alerta que ele faz é para as pessoas que vão curtir o carnaval na praia. “Muito cuidado com a areia fofa, pois ela é muito irregular, podendo causar quedas e torções, além de exigir muito do joelho e do quadril”, ressalta o médico.

Para quem vai cair no samba, sejam foliões que apreciam a música típica carnavalesca ou para os sambistas profissionais, a dica é fazer uma preparação muscular prévia, para que os joelhos e quadris suportem a exigência da dança.

“O samba possui movimentos repetitivos de flexão e rotação do quadril e joelho durante os passos e as coreografias. Por isso, o preparo muscular prévio é fundamental, assim como o cuidado com pisos irregulares e escorregadios, para evitar quedas e torções”, enfatiza o cirurgião especialista em quadril, Dr. Thiago Fuchs.

Ele alerta que os profissionais do samba, especialmente, as rainhas de bateria e passistas, têm experiência em sambar utilizando salto alto. No entanto, os demais apreciadores do samba devem ficar atentos. “As passistas profissionais ensaiam muito durante o ano todo para estas apresentações. No caso de quem não é acostumado, é melhor usar um calçado mais baixo e seguro”, indica Thiago Fuchs.

 

Para quem vai desfilar – Para as pessoas que já estão com as fantasias prontas e vão desfilar em blocos especiais e escolas de samba por muitas horas, a orientação de buscar preparo físico também é válida, assim como o uso de sapatos adequados.

“Prepare sua musculatura, principalmente coluna, abdômen, quadril e joelho, já que geralmente o percurso é longo e, na maioria das vezes, as fantasias são pesadas. Usar calçado adequado vai amortecer o impacto, proteger o pé e evitar torções nas irregularidades das ruas e calçadas”, enfatiza o Dr. Thiago.

 

Para quem vai trabalhar – Muitas pessoas foram escaladas para trabalhar neste Carnaval, estão com a jornada mais longa ou aproveitando para conseguir uma renda extra, fornecendo serviços aos foliões.

Organizadores de festas, policiais, seguranças, animadores, músicos, vendedores, jornalistas, entre outros, são alguns dos profissionais que devem cuidar da saúde para evitar que a carga intensa de trabalho resulte em dores e lesões permanentes.

O Dr. Rogerio Fuchs, cirurgião do joelho, ressalta que o descanso, assim como o preparo físico é fundamental para suportar a longa e intensa jornada de trabalho.

“É importante descansar. Para um bom trabalho, precisamos de horas de sono e alimentação adequada. Além disso, roupas leves e calçados confortáveis, bem como proteção contra o sol, o calor e a desidratação devem ser priorizados”, enfatiza Rogério.

Segundo o médico, com alguns simples cuidados é possível passar tranquilamente pelos dias de festa, sem voltar para casa machucado.

“Saiba controlar e respeitar seus limites, cuidando sempre do seu corpo. Afinal após o Carnaval, temos o ano todo pela frente para trabalhar, praticar esportes e manter a saúde em dia”, finaliza Fuchs.

cerestb@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.