AB TURISMO PARANÁ

CHAVANTES E PARANAPANEMA

Os amantes dos esportes radicais como montain bike, rapel, vôo livre e tiroleza podem adicionar mais um roteiro em sua lista. A Rota das Águas, como é conhecida, pode oferecer tudo isso e muito mais. O caminho fica às margens da represa da Usina Hidroelétrica de Chavantes, no Rio Paranapanema, entre as cidades de Carlópolis e Ribeirão Claro, extremo norte do Estado.

 

PRAIA NO NOROESTE

A deputada Maria Victoria protocolou na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que institui a Rota Turística das Praias Fluviais, contemplando 12 municípios às margens dos rios Paranapanema e Paraná, na região Noroeste. A iniciativa pretende estimular a visitação pública, contribuir com a preservação do patrimônio natural e dos recursos hídricos, promover a educação ambiental, desenvolver o ecoturismo e gerar emprego e renda em 12 cidades integrantes da Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná.

 

FESTA DO KIWI

Acontece em Mallet, no sudoeste, a 21ª Festa do Kiwi. Entre 27 e 30 de abril, a programação traz apresentações de shows musicais, folclóricos e artísticos relacionados aos imigrantes do Estado. Também faz parte da festa, a premiação da melhor fruta e do melhor vinho de kiwi, além da comercialização dos produtos derivados da fruta e pratos típicos ucranianos e poloneses.

 

CAMINHOS DA SERRA

A antiga trilha do Itupava foi por muitos séculos a principal ligação entre a planície litorânea e o alto planalto paranaense. Percorrer o caminho é como entrar no túnel do tempo, além do contato íntimo com a natureza da Serra do Mar. Durante o percurso as atrações são inúmeras, entre elas: o Pico do Anhangava, Casa do Ipiranga, Véu da Noiva, Estrada de Ferro e a Cachoeira Salto dos Macacos.

 

TURISMO RURAL

Para os apreciadores da paisagem campestre, o Paraná oferece roteiros de turismo rural na região oeste. Cerca de 10 municípios contam com uma estrutura rica em pousadas e hotéis fazenda com opções de diversão e lazer para toda a família. Tais regiões impressionam pela beleza e organização dos agricultores locais.

 

FOTOGRAFIA EM PAUTA

O Museu da Imagem e do Som do Paraná em Curitiba está com a exposição Parto Delas, da fotógrafa e jornalista Luciana Zenti, que se dedica à fotografia documental em maternidades públicas. A mostra faz parte da programação do Mês da Mulher. Vinte e duas imagens retratam de forma poética a emoção de mulheres que passaram por partos humanizados na Maternidade Bairro Novo, em Curitiba.

 

CIRCUITO NO OESTE

O Circuito Sabiá, em Matelândia no oeste do Estado, oferece opções de visitação com ênfase na gastronomia e lazer. O Circuito é composto por famílias de agricultores rurais que realizam visitas integradas às propriedades, formando um roteiro de contemplação e conhecimento da cultura local. Há a opção de passeios incluindo estadia para um final de semana inteiro, além de passeio para um dia.

 

CAVALGADA DO TRABALHADOR

Entre 29 e 30 de abril, Nova Aurora, no oeste do Estado, promove a 11º Cavalgada do Trabalhador. O evento se inicia às 9 horas com a saída dos participantes para um passeio por regiões rurais com as belas paisagens do município e arredores. Em seguida acontece um almoço tradicional com pratos deliciosos como costela fogo de chão e arroz tropeiro.

 

CAMINHOS DO COLONO

Serranópolis do Iguaçu, no oeste do Paraná, realiza mais uma edição da Caminhada Internacional da Natureza – Circuito Caminhos do Colono. No dia 2 de abril, os participantes poderão conferir os belos cenários rurais durante o percurso de 12 quilômetros. Ainda fazem parte da rota, cachoeiras e comércio com deliciosos pratos da culinária local.

 

GESTÃO EM PAUTA

Foz do Iguaçu sedia o Fórum Internacional de Filantropia Estratégica entre 4 e 7 de abril. A iniciativa tem como objetivo reunir temas variados voltados à gestão do Terceiro Setor. O evento traz profissionais brasileiros e estrangeiros desta área de atuação para compartilhar conhecimento com os participantes.

 

MORRO DO GAVIÃO

Carlópolis e Ribeirão Claro, localizados no norte pioneiro, reúnem os 12 atrativos que formam a Rota das Águas. Os destinos esbanjam paisagens naturais e têm opções de lazer para todos os bolsos, além de oferecerem a possibilidade de descanso no conforto do interior e atividades de aventura. Com aproximadamente 60 mil hectares de área inundada por águas transparentes, montanhas, como a Torre de Pedra e o Morro do Gavião, assim como as matas nativas, é um roteiro deslumbrante em meio às belezas do nosso Estado.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.