Cândido celebra os 160 anos da Biblioteca Pública

A edição 68 do jornal Cândido, editado pela Biblioteca Pública do Paraná, destaca os 160 anos da BPP — instituição fundada em 7 de março de 1857. Uma grande reportagem resgata a trajetória da Biblioteca e discute seu papel diante das mudanças socioculturais e tecnológicas de nosso tempo.

Desde 2011, a BPP passou a promover uma diversificada programação cultural. A reportagem assinada pelo jornalista Marcio Renato dos Santos traz relatos de pessoas envolvidas e impactadas nessas ações. A referência da Seção Braille no atendimento a pessoas com deficiência visual e a importância das ações de integração e diálogo com as bibliotecas municipais do Estado também têm destaque no especial.

Atualmente, a Biblioteca recebe cerca de 2,5 mil pessoas e realiza 1,3 mil empréstimos por dia. Em comemoração ao aniversário da instituição, foi realizado um amplo processo de modernização do prédio, com reforma do auditório, banheiros e iluminação, além da mudança na Seção de Inscrição e Empréstimo, que dará espaço a um café.

A modernização é um passo decisivo na trajetória desta instituição que preserva a memória e a História do Paraná. Acreditamos que ao reformar uma biblioteca, estamos ajudando no fortalecimento da cidadania, abrindo novas oportunidades, oferecendo um refúgio neste mundo tão agitado e apressado e, muitas vezes, arredio ao silêncio e à contemplação”, escreve o diretor Rogério Pereira no editorial.

O desafio das bibliotecas

Outro destaque da edição é a entrevista com Alberto Manguel, diretor da Biblioteca Nacional da Argentina — cargo já ocupado por Jorge Luis Borges. Autor de diversos livros sobre a importância da leitura, ele considera o ato de ler uma experiência primordial. Durante a entrevista, o escritor ainda fala sobre o futuro das bibliotecas e expõe suas ressalvas em relação à internet. No dia 25 de março, Manguel fará uma palestra na BPP em comemoração aos 160 anos da BPP.

Já o ex-diretor da Biblioteca Nacional, Affonso Romano de Sant’Anna, em um texto de memória, lembra os desafios que enfrentou quando esteve à frente da maior biblioteca do país, entre 1990 e 1996. Tudo que acontecia com a literatura brasileira e com o livro interessava a Biblioteca Nacional, diz Sant’Anna.

A seção de inéditos traz crônica de Ronaldo Correia de Brito, poemas de Ana Martins Marques e Andrey Luna Giron, além de contos de Luci Collin, Julie Fank e Bruno Cobalchini Mattos — este último selecionado para integrar uma coletânea que será publicada no primeiro semestre de 2017 pelo seloBiblioteca Paraná. O premiado fotógrafo Orlando Azevedo é convidado da seção Cliques em Curitiba.

Serviço
O
Cândido tem tiragem mensal de 10 mil exemplares e é distribuído gratuitamente na Biblioteca Pública do Paraná e em diversos pontos de cultura de Curitiba. O jornal também circula em todas as bibliotecas públicas e escolas de ensino médio do Estado. É enviado, via correio, para assinantes a diversas partes do Brasil. É possível ler a versão online do jornal em www.candido.bpp.pr.gov.br. O site também traz conteúdo exclusivo, como entrevistas, vídeos e inéditos.

imprensa@bpp.pr.gov.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.