Últimas

Membrana inovadora revoluciona o mercado de curativos

Imagine a seguinte situação: sua mãe sofre, há mais de 5 anos, com uma úlcera na perna. Vocês já recorreram a vários especialistas e aos mais diferentes tratamentos, mas nada resolve o problema por completo. A ferida apresenta pequenas melhoras, mas volta a regredir. Consegue imaginar o desgaste emocional e os custos com tratamentos ineficientes nesse caso? Essa foi exatamente a situação pela qual passou o engenheiro florestal João Carlos Moreschi, que, ao acompanhar o sofrimento da mãe e inconformado com os tratamentos até então utilizados, decidiu buscar uma alternativa por conta própria. Em 2000, após anos de pesquisa, foi criada a membrana regeneradora porosa. Nascia, então, a Membracel, empresa fabricante dessa película que substitui a pele humana e acelera o processo de cicatrização.

Passados 17 anos, o crescimento da companhia é ainda mais expressivo, visto que, no último ano, o faturamento anual teve aumento de 36%. Com a expansão da marca, foi necessária a contratação de profissionais de áreas específicas, como farmácia, pesquisa e desenvolvimento e vendas. Os estudos com a membrana regeneradora porosa aumentaram o conhecimento sobre a celulose microcristalina, o que permitiu utilizá-la em situações específicas, como no caso de doenças raras. Foi assim que Jéssica Calgaro conheceu a Membracel. Ela é mãe do Miguel, que nasceu com epidermólise bolhosa, uma doença rara de pele, que faz com que surjam feridas e bolhas em resposta ao menor atrito, como o simples toque de uma etiqueta. “Depois que conhecemos a membrana regeneradora porosa o tratamento do Miguel ficou muito mais fácil. Basta colocar a membrana na pele e a dor é amenizada instantaneamente. É um curativo realmente eficiente, pois torna muito mais rápida a cicatrização das feridas, o que aumenta a qualidade de vida do nosso filho, que agora pode realizar atividades comuns de qualquer criança”, destaca Jéssica.

Com o sucesso da membrana de celulose e o crescimento da marca, a empresa apostou na renovação da identidade visual e da abordagem da marca, criando novos produtos e atingindo públicos diferentes. Os estomizados também passaram a ser beneficiados com as novidades da empresa, que agora se chama Vuelo Pharma. Produtos que aromatizam e gelificam o conteúdo da bolsa de estomia e que protegem a pele ao redor do estoma são os destaques deste ano. Já o carro chefe da empresa, a membrana regeneradora porosa, conquistou mercados internacionais e agora também é comercializada no México e nos Estados Unidos. “Com a reformulação e expansão da marca, nossa meta é conquistar novos mercados para que possamos, gradativamente, ajudar mais pessoas a partir da entrega de produtos acessíveis e de qualidade”,destaca Thiago Moreschi, sócio-diretor da Vuelo Pharma.

Com a conquista de novos mercados, as projeções para os próximos anos são ambiciosas. A empresa tem planos de entrar em outros continentes – na Europa, por exemplo, o foco inicial é a Alemanha. Para 2017, a previsão é que o aumento da produção acompanhe o avanço do faturamento total, resultando num crescimento de 50%. A conquista de novos mercados está diretamente relacionada à nova identidade e ao novo posicionamento da empresa no mercado. “Cada novo passo tem como base muito planejamento e pesquisa. A escolha de nossos parceiros, por exemplo, é muito estratégica e cuidadosa. Queremos ter ao nosso lado distribuidores que compartilhem da nossa visão, buscando sempre ajudar a quem precisa. Essa é a essência da empresa desde seu o início e continuará sendo para sempre.”, conclui Thiago.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com