O que o excesso de sal faz no organismo?

Quem é que não gosta de uma comida bem temperadinha, não é mesmo? Ervas aromáticas, especiarias e SAL. Ele, o grande vilão da pressão arterial. A maioria dos adultos consome o dobro da quantidade de sal recomendada por profissionais da saúde (que é de 2 gramas por dia). O consumo em excesso aumenta o risco de hipertensão, problemas renais, doenças cardiovasculares e infarto. Mas por que o sal faz mal?

Segundo o Enfermeiro da Vuelo Pharma, Antônio Rangel, o cloreto de sódio (principal componente do sal) possui característica osmótica, ou seja, de atrair água para si. Ele explica que, ao entrar no organismo, o sal é absorvido pelo intestino e vai parar no sangue. Como o cloreto de sódio suga a água do corpo, o organismo, tentando normalizar a falta de líquido, eleva a pressão arterial para aumentar o fluxo de sangue circulando. Os vasos, que estão acostumados com um determinado volume de sangue, se contraem na tentativa de diminuir o fluxo e restabelecer o estado padrão. Por mais que a constrição dos vasos diminua a quantidade de sangue circulando, a pressão de bombeamento do coração continua alta. Dessa forma, falta irrigação para o coração justamente no momento em que ele está trabalhando com mais intensidade.

“Apesar de seus efeitos, isso não significa que o sal deve ser eliminado da nossa dieta. O sódio tem papel fundamental na manutenção do equilíbrio de distribuição dos líquidos corporais, contribui para contração muscular e transmite os impulsos nervosos e o ritmo cardíaco”, destaca Rangel. É importante ficar salientar que a média de consumo de sal pelos brasileiros equivale ao dobro do recomendado. Para controlar o consumo, uma boa alternativa é substituir o sal comum (sal de cozinha) por outros mais saudáveis, como Sal Light (que tem sódio reduzido) ou Sal Marinho, que, como não passa pelo sistema de branqueamento, permanece com aproximadamente 84 elementos, muitos deles importantes para o nosso metabolismo. Além disso, algumas dicas simples podem ajudar na diminuição do consumo de sódio:

  • Não compre alimentos processados, congelados ou enlatados;
  • Durante o preparo dos alimentos, utilize uma colher para adicionar o sal à comida, evitando colocar sal “a olho”;
  • Não coloque o saleiro na mesa;
  • Substitua o sal por ervas, especiarias e vinagre;
  • Opte por alimentos grelhados ou assados, evitando pratos com muito molho, queijos e até fast food;
  • Coma alimentos ricos em potássio (beterraba, laranja, espinafre, feijão, etc), pois ajudam a diminuir a tensão arterial, diminuindo o efeito do sal.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.