Entidades de Maringá são beneficiadas com doações da Editora Positivo

A Associação Cultural e Educação Infantil Menino Jesus, e o Lar Escola Bom Samaritano, de Maringá, estão entre as sete entidades brasileiras beneficiadas com doações de livros didáticos da Editora Positivo. A doação faz parte de um projeto da editora que, ao longo do semestre deve doar 85 mil volumes a instituições que trabalham com crianças e jovens no Brasil. Além das instituições de Maringá, outras duas entidades de Londrina receberam as doações no Paraná, bem como organizações do Rio Grande do Sul, de Goiás, e de Minas Gerais.

O Lar Escola Bom Samaritano fica no Jardim Tropical e atende crianças e adolescentes entre 6 e 14 anos. Foi criado a partir de uma necessidade local, decorrente da presença de fatores de riscos à formação e ao desenvolvimento de crianças e adolescentes de Maringá, como por exemplo, condições socioeconômicas, enfraquecimento dos vínculos familiares e comunitários, exploração do trabalho infantil, entre outros. Fundada em 1970, a Associação Cultural e Educação Infantil Menino Jesus está localizada na Vila Operária. É uma instituição sem fins lucrativos, que atende 300 crianças e adolescentes de 0 a 14 anos, oferecendo educação infantil e atividades pedagógicas, recreativas, artísticas e culturais.

Segundo o diretor geral da Editora Positivo, Emerson dos Santos, as doações para essas entidades somam mais de 13 mil livros e, juntas, ultrapassam os R$ 230 mil. “Dentro da missão da editora, que é construir um mundo melhor por meio da educação, prevemos a doação de cerca de R$ 1,5 milhão em livros, este ano.  O trabalho das sete instituições contempladas neste momento abrange 13.361 crianças e jovens, sendo de extrema relevância para as comunidades onde estão inseridas”, destaca.

De acordo com a assistente social Jaqueline Gomes do Amaral, que atua no Lar Escola Bom Samaritano, em Maringá, os materiais doados pela Editora Positivo estão sendo muito úteis nas oficinas desenvolvidas pelas crianças dentro do Lar. “As agendas, os dicionários, os livros de literatura, por exemplo, foram excelentes para as oficinas de leitura”, destaca. Coordenadora pedagógica da Associação Cultural e Educação Infantil Menino Jesus, Carina Aparecida Camurci Scacco, relata que o material é de grande importância para a entidade. “Veio facilitar e melhorar as metodologias desenvolvidas pelas professoras e educadoras, juntamente com seus alunos da educação infantil, criando novas possibilidades na aprendizagem”, completa.

As doações incluem as coleções Ecobox, Mais Cores, Projeto Eco para o Ensino Médio, Caderno Enem para o Ensino Médio, Livro Portal do Saber, Coleção História – Cultura e Sociedade, e a Coleção Linhas e Letras.

 

Sobre a Editora Positivo

Fundada há 37 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Editora especializou-se ao longo dos anos e tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Para a rede pública a editora disponibiliza o Sistema de Ensino Aprende Brasil. Já as escolas particulares contam com o Sistema Positivo de Ensino e com o Conquista. Cerca de 2 milhões de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.