Frio e umidade: a combinação perfeita para a disseminação da gripe

Ambientes pouco ventilados, a mudança climática, a umidade favorável e o despreparo imunológico da população são as condições perfeitas para a disseminação da gripe e a proliferação da doença em locais de grande circulação de público.

A gripe comum pode ser acompanhada por calafrios, congestão nasal, dor de garganta e muscular, espirro, fadiga, febre até 39ºC e tosse e os sintomas podem durar até duas semanas. “Beber bastante líquido, repousar, usar soro fisiológico para a limpeza das narinas, além de contar com medicamentos antitérmicos e analgésicos para o alívio da febre das dores no corpo são as principais ações para o tratamento. Mas, é sempre importante lembrar os riscos da automedicação, então, antes de tomar remédio sempre consulte seu médico”, explica a diretora médica do Laboratório Frischmann Aisengart, Myrna Campagnoli.

Nos casos mais graves, além desses sintomas, os pacientes podem evoluir com complicações como pneumonia e insuficiência respiratória. “Pessoas em boas condições imunológicas dificilmente apresentarão complicações graves no caso de contrair o vírus H1N1, porém, também precisam ser vacinadas, pois podem ser transmissores PARA OS indivíduos mais frágeis. Crianças de seis meses a cinco anos, doentes crônicos, gestantes e idosos devem procurar o médico imediatamente no caso de sintomas como febre alta repentina, dor intensa no corpo e mal-estar”, destaca a médica.

Por isso tudo, é importante ser imunizado todos os anos, pois o vírus passa por mutações. A vacina quadrivalente, oferecida por algumas clínicas particulares, protege contra os quatro tipos de vírus: A/H1N1, A/H3N2, B/Brisbane e B/Phuket, os principais causadores de surtos de gripe no mundo de acordo com a Organização Mundial de Saúde e Anvisa. Quando o corpo entra em contato com um vírus, pode ou não desenvolver a doença, mas iniciará a produção de anticorpos contra o microrganismo o que pode tornar o indivíduo imune a esta doença no futuro.

O processo de imunização imita essa ação e promove antecipadamente a formação de anticorpos. Por isso, a vacinação permite que o organismo se prepare para combater bactérias e vírus que causam doenças graves, como alguns tipos de gripe, sendo indispensável para a prevenção ou pelo menos, amenização da doença.

A imunização pode levar até três semanas para estar efetivamente ativa no organismo, por isso, quanto antes a vacina for aplicada, mais efetiva será sua proteção, pois estamos no início do outono. “A vacinação é imprescindível no combate aos surtos da doença, que chega com força nos períodos mais frios do ano”, alerta a médica.

 

Vacina no Laboratório Frischmann Aisengart

A vacina quadrivalente contra a gripe está disponível no Laboratório Frischmann Aisengart. Ela protege contra as infecções causadas pelo vírus influenza, e sua composição é definida pela Organização Mundial de Saúde. Devido à curta duração de sua proteção – aproximadamente 1 ano – e a possibilidade de mudança da composição, deve-se tomar a vacina da gripe anualmente. Mais informações: www.labfa.com.br (Paula Batista)

 

gripe-cold-2007171_1920_crédito Pixabay.jpg

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.