Pesquisa acaba de ser publicada no European Journal of Nuclear Medicine and Molecular Imaging

A equipe da Quanta Diagnóstico Nuclear acaba de participar de uma pesquisa inédita sobre biópsia em pacientes oncológicos. Publicado no European Journal of Nuclear Medicine and Molecular Imaging, o estudo Comparação de tomografia computadorizada e PET/CT para orientação de biópsia em pacientes oncológicos concluiu que o PET/CT tem vantagens especialmente quando o marcador FDG, utilizado nos exames, não mostra lesões correspondentes na tomografia computadorizada. “Em determinados casos do câncer, a informação metabólica fornecida pelo PET/CT é extremamente importante para direcionar a agulha da biópsia para o local mais apropriado”, afirma o médico nuclear Juliano Cerci, coordenador da especialização e diretor do Serviço de PET/CT da clínica.

Os resultados ainda mostraram que ambos os exames têm as mesmas chances de risco ou complicações. “Estudos como esse nos ajudam a saber cada vez mais detalhes sobre a eficiência e a usabilidade de cada exame”, ressalta Dr. Cerci. A pesquisa foi realizada na Quanta Diagnóstico e Terapia com 323 pacientes em parceria com o Departamento de Medicina Nuclear do Hospital Universitário S.Orsola-Malpighi, da Itália, com a Universidade Vanderbilt, dos Estados Unidos e Laboratório de Patologia Byori, de Curitiba.

O estudo também teve a participação de outros médicos da Quanta Diagnóstico e Terapia: o cardiologista e diretor geral, João Vítola, o médico nuclear e diretor clínico Carlos Cunha e o cardiologista e coordenador do Serviço de Angiotomografia Cardíaca, Rodrigo Cerci, além de Elena Tabacchi, Mateos Bogoni, Dominique Delbeke, Danielle Giacometti Sakamoto e Stefano Fanti.

Sobre a Quanta Diagnóstico e Terapia
Fundada em 2003, a Quanta Diagnóstico e Terapia está localizada na cidade de Curitiba e oferece exames de cintilografia, tomografia computadorizada com 128 cortes, angiotomografias coronariana e vascular, escore de cálcio, PET-CT, biópsias e tratamentos para câncer de tireoide e dor óssea no câncer.

A Quanta Diagnóstico e Terapia conta com um núcleo de pesquisas, participa do programa Curitiba Tecnoparque, que apoia iniciativas inovadoras de empresas locais e, desde 2007 coopera com a Agência Internacional de Energia Atômica da ONU. Mais informações no site www.quantadiagnostico.com.br.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos.

Marca especializada em laticínios de búfala disponibiliza nova opção ao mercado com mais sabor e baixo teor de gordura A Levitare, marca especialista em lácteos...
Fechar Menu