Lima: uma grande varanda com vista para o Pacífico

Em suas ruas coloniais e seus modernos bairros de frente para o Oceano Pacífico é possível encontrar todas as raças e costumes, uma síntese de diversidade cultural e de incomparável gastronomia, assim como manifestações que permitem entender um pouco melhor a complexa história do Peru.

Mas para além deste aspecto histórico-cultural da capital do Peru, Lima também é aventura, boa música, shoppings e galerias de arte, forte vida noturna, museus e uma paisagem urbana diferente, no qual o passado e o presente se combinam para criar uma cidade como poucos no mundo. Estes são alguns dos destaques da capital peruana.

 

Melhor destino gastronômico do mundo

O Peru foi escolhido pelo quinto ano consecutivo como o “Melhor Destino Culinário do Mundo”, no World Travel Awards (WTA) 2016. Este reconhecimento, que reforça a posição do país como um destino gastronômico em todo o mundo, não teria sido possível sem o trabalho realizado entre o Estado e o setor privado, parceria que busca valorizar toda a cadeia produtiva desse importante setor no país.

Vale lembrar que o Peru se coloca em destaque diante de reconhecidas cozinhas do mundo, como França, Japão, Itália, México, Espanha e Tailândia, entre outras. O World Travel Awards é uma premiação com 23 anos de trajetória que reconhece e celebra a excelência em todos os setores da indústria de turismo e viagens ao redor do mundo. O WTA é considerado “Oscar do Turismo”.

 

Lima conta com mais de 70 museus

Entre as dezenas de museus localizados em Lima, um se destaca por estar em uma mansão colonial do século XVII, construída sobre uma pirâmide pré-colombiana do século VII – o Museu Arqueológico Rafael Larco Herrera -, e outro por ser o mais antigo do Peru – o Museu Nacional de Arqueologia, Antropologia e História.

Mas a capital peruana não é apenas história, mas também modernidade. E é justo isso que a distingue, pois os turistas que a visitam podem experimentar de perto o encontro entre o antigo e o moderno. Desta maneira, Lima desenvolve uma nova cara cultural através de seus museus, como o Museu de Arte de Lima (MALI), que abriu recentemente o seu segundo andar com um sistema de auto guias e aplicativos de realidade aumentada. Dentro do museu é possível fazer um passeio de mais de 3.000 anos por toda a história da arte do país andino.

O Museu de Arte Contemporânea de Lima também se destaca dentro da cidade, pois além de ter levado 10 anos para ser construído e ter custado cerca de 4 milhões de dólares, mostra coleções de artistas peruanos e estrangeiros. No mesmo bairro de Barranco está também a Associação Mario Testino (MATE), que conta com uma mostra permanente de obras do fotógrafo que já é uma instituição de reconhecimento internacional.

 

Lima abriga quase 5.000 anos de história

Muitos milênios antes de sua fundação, Lima foi sede da civilização Caral, localizada no Valle de Supe, a 200 quilômetros ao norte de Lima, que tem 5.000 anos de antiguidade. Caral é considerado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade e é considerada a civilização mais antiga da América.

A capital peruana, dentro de sua estrutura urbana, conta com construções milenares de culturas pré-Inca, expressas em uma série de centros cerimoniais de adoração chamados “Huacas”. Entre os destaques estão a Huaca Pucllana (localizada no coração do charmoso bairro de Miraflores e composta por uma estrutura chamada “A Grande Pirâmide”) e a Huaca Huallamarca (monumento arqueológico mais importante do bairro de San Isidro).

Lima também é tradição colonial. O Centro Histórico de Lima é o berço da cidade colonial, onde se encontram os principais edifícios e igrejas da época. Foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1998. Ali também há lugares coloniais como a Igreja e o Convento São Francisco, a Plaza Mayor, a Igreja e Convento de Santo Domingo, e a Casa de Aliaga.

 

Lima tem espaço para aventura

O parapente tem no Peru uma série de cenários com belas paisagens. Em Lima é possível admirar das alturas todo o circuito de praias conhecido com Costa Verde e o bairro de Miraflores. O mais comum é decolar (de parapente ou asa delta) do Parque Raimondi, localizado no calçadão, e sobrevoar o mar, os prédios e o famoso centro comercial Larcomar, em um emocionante passeio que dura cerca de 15 minutos.

Já o surf, outra prática comum na região, é permanente durante todo o ano para os amantes do surf. Com ondas pequenas, grandes, longas, tubulares, picos elevados, sinos e um grande número de ondas, as praias de Lima são de água fria durante todo o ano. Os visitantes podem pegar ondas no circuito da Costa Verde ou em praias ao sul de Lima, como La Herradura, Punta Hermosa, Punta Rosas, Peñascal, entre outras.

 

O QUE FAZER EM UM DIA EM LIMA?

MANHÃ – Comece com um café da manhã em um dos inúmeros estabelecimentos gastronômicos localizados nos arredores do Parque Kennedy, parque central do bairro de Miraflores, em plena Avenida Larco. Em seguida, visite o Centro Histórico de Lima: Plaza Mayor, a Igreja de São Francisco e suas catacumbas, a Catedral e a Plaza San Martin.

MEIO-DIA – Momento indicado para fazer um lanche em um dos bares mais tradicionais do Centro Histórico de Lima: o Cordano, o Queirolo, o bar do Hotel Maury, ou no lendário Bar Inglês do Hotel Bolívar, em frente à Plaza San Martin.

ALMOÇO – Vá para o bairro de Pueblo Libre conhecer uma parte da deliciosa culinária peruana em um de seus restaurantes tradicionais. Em seguida, visite o Museu Larco, que tem uma impressionante coleção de peças pré-colombianas. Almoçar no restaurante do museu também pode ser uma excelente experiência.

TARDE – Ideal para ir ao bairro de San Isidro para explorar a parte antiga e conhecer o pacífico Parque El Olivar, visitar boutiques na Avenida Conquistadores e conhecer a majestosa Huaca Huallamarca, localizada a leste da área residencial. Em Miraflores, pode-se visitar a Huaca Pucllana e, em seguida, apreciar a vista deslumbrante do extenso calçadão miraflorino. E se tiver bons ventos, um passeio de parapente será uma experiência inesquecível. Em Barranco, bairro de artistas, e boêmio, visite a Ponte dos Suspiros, lojas de artesanato, cafés, galerias de arte e desfrute de um belo pôr do sol, do calçadão.0

NOITE – Visite o Circuito Mágico das Água, no Parque de la Exposición. Para jantar: escolha algum restaurante à beira mar.

 

Voo de parapente em Lima. Foto: PROMPERÚ/Carlos Ibarra

Informações sobre destinos turísticos do Peru: http://www.peru.travel/pt-br/

Facebook: https://www.facebook.com/visitperu

Twitter: https://twitter.com/visitaelperu

Youtube: https://www.youtube.com/user/VisitPeru

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.