Cuidado com o Dr. Google! Pesquisas sobre problemas de saúde na internet são cada vez mais comuns e perigosas

Campanha do Conselho Regional de Farmácia do Paraná alerta para a importância de consultar o Farmacêutico quando o assunto é uso de medicamentos.

Em abril de 2016, o índice de automedicação no Brasil foi de 72%, conforme pesquisa realizada pelo ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-graduação para o Mercado Farmacêutico, em 16 capitais brasileiras de todas as regiões do país, com abordagem em pontos de fluxo populacional de 2.340 pessoas. Destes 72%, 47% se automedicam através da indicação de algum membro da família, amigos, colegas e vizinhos; 18% se automedicam por conta própria e 7% através de pesquisas na internet.

Em Curitiba, 73% dos entrevistados declararam praticar a automedicação. A capital paranaense é a 7ª, entre todas as capitais pesquisadas, juntamente com Vitória/ES, no ranking do uso irracional de medicamentos, ou seja, quando não há orientação de um profissional da saúde.

Seja por tentativa de suicídio, acidentes individuais ou erro de administração – a automedicação ou o uso indevido de medicamentos intoxicou 138.376 pessoas no Brasil entre 2008 e 2012 (uma média de 27 mil ao ano), conforme revelam os dados mais recentes do Sinitox (Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas) do Instituto Fiocruz. Mortes causadas por medicamentos foram 365 no período, uma média de 73 ao ano.

A pesquisa realizada pelo ICTQ ainda aponta que, no Brasil, 40% das pessoas fazem o autodiagnóstico de doenças através de pesquisas feitas na Internet, principalmente em sites de busca como o Google. Em Curitiba, esse índice cai para 27%, ficando em 14º lugar, à frente apenas de Campo Grande/MS, última colocada com 25%.

“Quem entende de medicamento é o farmacêutico”

Os dados apresentados levam os Farmacêuticos a uma mobilização nacional para conscientizar a população pelo dia 5 de maio – Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos. Neste ano, o Conselho Regional de Farmácia do Paraná / CRF-PR vai realizar a tradicional campanha em todo Estado, com o tema “Quem entende de medicamento é o Farmacêutico”.

“O Farmacêutico é o profissional do medicamento, nenhum outro tem mais propriedade que ele para orientar. A orientação do farmacêutico é fundamental na dispensação do medicamento”, destaca Dr. Arnaldo Zubioli – Presidente do CRF-PR. “O objetivo da campanha, além de alertar a sociedade, é promover aos acadêmicos o contato direto como a comunidade, aplicar a teoria na prática. Desde o momento da abordagem do paciente até os devidos encaminhamentos, quando houver, com exames de pressão arterial e verificação de glicemia capilar”, ressalta Dr. Zubioli.

Durante a campanha serão oferecidos os serviços gratuitos:

– Aferição de Pressão Arterial, verificação de Glicemia Capilar e orientações sobre uso correto de medicamentos.

 

Ponta Grossa  Data: 04/05 (quinta-feira) – Local: Terminal Central – Ponta Grossa/PR – Horário: 9h às 15h

Curitiba  Dia: 05/05 (sexta-feira) – Local: Boca Maldita – Centro – Curitiba/PR – Horário: 9h às 13h

Londrina  Dia: 05/05 (sexta-feira) – Local: Calçadão do Centro – Londrina/PR – Horário: 8h às 12h

Umuarama  Data: 05/05 (sexta-feira) – Local: Farmácia da Partilha – Umuarama/PR – Horário: 7h30 às 12h

Francisco Beltrão  Data: 06/05 (sábado) – Local: Calçadão Central – Francisco Beltrão/PR – Horário: a partir das 8h

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.