Levantamento do Instituto do Joelho HCor aponta o futebol como responsável por 55% das lesões

Um levantamento realizado pela equipe do Prof. Dr. Rene Abdalla, do Instituto do Joelho HCor, aponta que o futebol é responsável por 55% das lesões ligamentares. O estudo foi feito de janeiro a abril deste ano e contou com a participação de 600 pacientes.

De acordo com o levantamento, as artes marciais são a segunda causa de lesões com 16% e o basquete a terceira, com 12%. Na sequência aparecem a academia, com 8%, tênis, 5% e outros esportes como surf, skate, esqui e motocross com 4%.

“No futebol, por ser um esporte de contato e muito vigor físico, os joelhos recebem cargas excessivas que, se não estiverem reforçados pela musculatura, podem sofrer lesões severas. A alta incidência é proporcional ao número de praticantes. O futebol é o esporte mais praticado no mundo”, comenta Dr. Rene Abdalla.

As lesões estão relacionadas às entorses do joelho ou a traumas menos comuns, com grande frequência na prática esportiva. “As informações deste levantamento permitem aprimorarmos os conceitos e conclusões para aprimorarmos cada vez mais os resultados dos tratamentos e medidas de prevenção. Além disso, também estabelecer critérios para o retorno ao esporte após a recuperação, utilizando todo aparato tecnológico disponível no Instituto do Joelho”, explica Dr. Rene.

País do futebol – Não por acaso, o futebol representa mais da metade de todas as lesões apontadas no levantamento. Um recente estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre prática de esporte e atividade física, feito com jovens e adultos, revelou que no Brasil somente 38,8 milhões de pessoas praticam algum tipo de esporte, sendo 15,3 milhões (39,3%), praticantes de futebol.

A caminhada, que também é fator de risco para lesões, aparece em segundo lugar com 9,5 milhões (24,6%) de adeptos. “A maioria das lesões causadas por caminhadas passam por tratamentos conservadores, raramente temos casos cirúrgicos. Em nosso levantamento esse tipo de atividade está contemplada na versão indoor (em esteira), no item ‘academia’, que foi a quarta maior causa de lesões”, acrescenta Dr. Rene.

Italo@targetsp.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.