Projeto de extensão da UFPR promove evento literário sobre migração e refúgio

O PBMIH – Português Brasileiro para Migração Humanitária, projeto de extensão do curso de Letras da Universidade Federal do Paraná (UFPR) promove, no próximo dia 27, a quinta edição do Literatura de Refúgio. A iniciativa tem como objetivos promover a reflexão sobre migração, refúgio e exílio por meio de textos literários e mostrar como esta realidade é recorrente na história mundial.

O próximo encontro terá como foco a literatura do Japão, da China e da Coreia do Sul. “É muito importante olharmos para as questões de migração e refúgio nesses países, principalmente porque sabemos pouco ou quase nada da literatura japonesa, chinesa e coreana”, ressalta Carla Cursino, aluna da pós-graduação em Letras e uma das organizadoras do projeto.

A seleção e a tradução dos textos, que percorrem diversas épocas literárias, foram realizadas por Tomiro Nakamura, Tao Yang e Yulu Li, estudantes de Português como Língua Estrangeira no Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin-UFPR), e por Jiyun Kim, ex-aluna do Celin-UFPR. Alunos do curso de Letras também são responsáveis por parte das traduções e pelas versões traduzidas. O encontro será mediado por Alessandra Freitas e Carla Cursino, organizadoras do projeto.

O Literatura de Refúgio acontece no sábado, 27, às 18h15, na loja Itiban (Av. Silva Jardim, 845, Rebouças). A entrada é franca. Mais informações sobre o evento na página: https://www.facebook.com/events/332265830523792/

 

Sobre o PBMIH

O PBMIH –  Português Brasileiro para Migração Humanitária é uma iniciativa do curso de Letras da UFPR com o objetivo de promover o ensino de português brasileiro a migrantes e refugiados e de auxiliar na inserção social deste grupo na sociedade.  O projeto atende desde 2013 a centenas de alunos provenientes de diversos países. Atualmente, é coordenado pela Profª Viviane Pereira, do Departamento de Línguas Estrangeiras Modernas.

<cursino.carla@gmail.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.