Saiba como proteger o seu iPhone de possíveis danos

Alguns cuidados são imprescindíveis para manter o seu smartphone por mais tempo

 

Fabricado pela Apple, o iPhone é um dos smartphones mais modernos disponíveis atualmente. Por conta disso, seu custo está longe de ser baixo. A versão iPhone 7 Plus, por exemplo, considerada top da marca, não é encontrada nas lojas por menos de R$ 4 mil. Por conta do alto investimento, ninguém discute a importância de manter seu aparelho o mais protegido possível. Para isso, o usuário precisa tomar alguns cuidados com o equipamento bem mais relevantes do que apenas evitar que ele caia no chão.

Como manter seu celular mais protegido

Há várias maneiras de preservar seu smartphone por mais tempo. Confira como aumentar consideravelmente a vida útil do seu aparelho:

  1. Use uma capa

A capa para celular é a primeira proteção que nos vem à cabeça. Para evitar arranhões no corpo do aparelho, amassados, além de outros danos físicos, o produto acaba sendo imprescindível para manter seu equipamento em bom estado. Há diversos tipos que podem manter seu equipamento impecável. Confira alguns deles:

  • Emborrachada

A capa emborrachada protege o seu iPhone contra quedas e impactos. Ela preserva a parte traseira, além das quinas e laterais do aparelho.

  • TPU com silicone

A capa em TPU tem bordas de silicone para absorver melhor o impacto. Feita com material translúcido, ela é flexível, macia, moderna e altamente resistente.

  • Braçadeira

Essa é para os esportistas, tanto para profissionais quanto para amadores, que gostam de ouvir música, utilizar aplicativos e até mesmo atender chamadas durante os exercícios.

  1. Coloque uma película

A película é para quem tem preocupação maior com, talvez, a principal parte do celular: a tela. Em tempos de tecnologia touch screen, o visor é primordial para o bom funcionamento do aparelho. Então, protegê-lo é bem mais do que apenas manter seu equipamento visualmente bonito.

Entre as de vidro, há modelos com nanotecnologia, que possuem uma camada de autorreparo, absorvendo, com isso, o risco de arranhões. Ainda temos a chamada película antichoque, que possui quatro camadas: amortecimento para absorção do choque, dispersão do choque, resistência elástica e adesivo silicone com tecnologia Air Bubble.

  1. Fuja da umidade

O banheiro é um dos principais locais onde não se deve levar o seu telefone celular. Além do risco do seu aparelho cair no vaso sanitário, ao tomarmos banho com o smartphone no mesmo ambiente, a umidade pode acabar se infiltrando, corroendo circuitos eletrônicos. A praia também não é dos lugares mais recomendáveis para o uso do equipamento, devido à maresia e a possibilidade de chuva.

  1. Limpe o smartphone com frequência

Embora não melhore o desempenho, limpar o celular mantém a estrutura preservada. Ao ficar encardido, o material do qual o aparelho é feito pode acabar se danificando. O ideal é que a limpeza seja feita sempre com pano seco, mas umedecer com um pouco de álcool – sem exageros – não vai fazer mal ao produto.

  1. Mantenha o celular em temperatura adequada

Sabemos que no dia a dia é difícil seguirmos essa dica, mas é importante sempre deixar seu telefone em ambientes com temperaturas entre 15º e 30º. Manter o equipamento em ambientes muito frios ou extremamente quentes podem acabar prejudicando o funcionamento dele.

  1. Não lote a memória interna do aparelho

Quando enchemos toda a memória interna, acabamos exigindo mais do celular. Com isso, o aparelho acaba ficando lento, levando a aquele travamento chato que tanta irrita os usuários, mesmo o smartphone tendo boa quantidade de memória RAM. A dica é sempre procurar deixar alguns gigabytes livres.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.