Samu realiza em Maringá evento inédito em prol da reanimação cardiopulmonar

No Brasil, a cada 90 segundos, uma pessoa sofre uma parada cardiorrespiratória e cerca de 90% das vítimas morrem antes de chegar ao hospital. Com o objetivo reduzir essas estatísticas, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em parceria com o Catuaí Shopping Maringá, realiza pela primeira vez na cidade o RCP Day, um evento dedicado à conscientização e capacitação da população sobre a reanimação cardiopulmonar.

O RCP Day será realizado no Catuaí Maringá, no dia 3 de junho, das 10h às 17h, com acesso gratuito. Médicos, enfermeiros e socorristas do Samu, além de docentes de medicina e enfermagem vão prestar orientações e capacitação ao público sobre como realizar as manobras de reanimação cardiopulmonar. Ao longo do evento, também serão realizadas simulações de parada cardiorrespiratória.

De acordo com Fernando Giusepin, médico cardiologista e intervencionista do Samu, a parada cardiorrespiratória é um evento súbito imprevisível e a ajuda nos momentos iniciais é fundamental. “Uma reanimação cardiopulmonar imediata pode dobrar, ou mesmo triplicar, as chances de a vítima sobreviver. A cada minuto sem as manobras de RCP, a pessoa em parada perde 10% das chances de sobreviver”, explica Giusepin.

Para o médico intervencionista e coordenador de urgências e emergências do Samu de Maringá, Maurício Lemos, o local para a realização da ação foi escolhido estrategicamente a fim de propagar os conhecimentos para grande parte da população de Maringá e região. “O início rápido da RCP pode salvar vidas, mas para isso precisamos de pessoas capacitadas para alcançar uma adequada integração da comunidade e serviços de emergência”, ressalta Lemos.

O RCP Day é uma realização Samu Norte Novo e Catuaí Maringá, com apoio do Siate, Unimed e Viapar, com a participação de docentes da Unicesumar, Uningá e Faculdades Alvorada.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.