São Paulo será sede do maior encontro da construção verde da América Latina

O mercado de construções verdes no Brasil tem se consolidado nos últimos 10 anos, com o engajamento de toda a cadeia produtiva da construção civil, que envolve construtoras, arquitetos, fornecedores de produtos e serviços, entre outros players desse mercado. Em um ranking de 165 países onde a certificação para construções verdes LEED (Leadership in Energy and Environmental Design ou Liderança em Energia e Projeto Ambiental) se faz presente, o Brasil ocupa a 4ª posição com 1.230 projetos registrados e destes, 423 certificados (LEED) e 43 projetos registrados e destes, 3 certificados (CASA).

Em 2016, mesmo diante de aspectos pessimistas do ponto de vista econômico e político do país, a construção sustentável apresentou outra realidade, com um dos melhores desempenhos em termos de novos projetos registrados buscando uma certificação. Foram 205 projetos novos (LEED e Casa), sendo que o recorde é de 2012 (209), segundo o Green Building Council Brasil (GBC Brasil).

Com este cenário, São Paulo sediará o principal evento de construção sustentável da América Latina. A 8ª Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo será realizada entre os dias 8 e 10 de agosto, no São Paulo Expo, apresentando as mais modernas tecnologias e soluções para este mercado.

O evento, que se destina aos profissionais de áreas como arquitetura, engenharia, design, associações e instituições socioambientais, desenvolvimentos sustentável, habitação de interesse popular, planejamento urbano, entidades governamentais e outros, contará com mais de 70 Sessões Educacionais (palestras de todos os níveis técnicos), além da exposição de soluções sustentáveis e novas tecnologias, ações e atividades de engajamento e visitas técnicas em edifícios de destaque no mercado e de eventos de networking.

Em sua última edição, em 2016, a Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo recebeu mais de 14 mil visitantes brasileiros e estrangeiros, 1400 congressistas, 135 palestrantes nacionais e internacionais, e 50 expositores e patrocinadores. Para 2017, a organização está preparando um evento ainda maior e espera receber mais de 20 mil visitantes.

Conhecimento – Durante os três dias de conferências, especialistas nacionais e internacionais compartilharão conhecimentos sobre os desafios da construção sustentável e seus benefícios para a sociedade. Serão debatidos temas e apresentados cases sobe as vantagens da sustentabilidade aos ambientes corporativos, de ensino, residenciais, em edificações públicas e privadas; a gestão sustentável de cidades; geração e a economia de energia; compensação de carbono, a questão do clima global; as melhorias em termos de materiais e soluções para as construções verdes; as formas de financiamento para projetos de eficiência energética e construção sustentável; a importância da certificação e o LEED V4, Certificação CASA e Well.

Além das conferências, o evento vai proporcionar uma série de palestras gratuitas, em que serão apresentadas as novas soluções, tecnologias e os cases de sucesso, voltados às construções verdes.

Os interessados em conhecer as edificações referenciais LEED de São Paulo, poderão participar das visitas técnicas, que serão realizadas no dia 11 de agosto. Esse trabalho tem por objetivo apresentar fisicamente os espaços certificados, seu funcionamento e o reflexo disso no ambiente, no bem estar dos ocupantes, na eficiência e economia. As visitas serão organizadas a partir de cadastramento prévio.

Ainda falando sobre conhecimento, o visitante da Greenbuilding Brasil 2017 vai poder testar o que conhece sobre as construções verdes no Green Escape, um game com questões sobre o tema que levarão o participante por um labirinto a cada resposta correta.

Energia em pauta – um dos temas de grande relevância na 8ª edição do evento é a questão da energia. O primeiro ponto é que o GBC Brasil está comprando 130 REC’S (Certificado de Energia Renovável ou Renewable Energy Certificates) de energia renovável solar (painel fotovoltaico) que serão a fonte de abastecimento de energia para todo o evento.

De modo geral, a certificação LEED incentiva o desenvolvimento de mercados baseados em energia renovável, estimulando os projetos a comprarem REC’S com certificação do programa do Green-e. Este programa rastreia a geração e aquisição de energia renovável no Brasil e certifica a compra.

Outro importante ponto sobre energia, mas do ponto de vista de geração e autossuficiência em edificações, o GBC Brasil lançará, durante a feira, sobre autossuficiência energética em construções, com o objetivo de acelerar esse processo nas edificações existentes e promover o conceito de Net Zero Energy Building (autossuficiência em energia) nas edificações novas até 2030 e em todas as edificações até 2050, em consonância com os compromissos firmados entre o GBC e membros no COP Paris.

A feira vai contar com um lounge de Net Zero Energy, que será abastecido por uma árvore fotovoltaica, ilustrando o conceito.

Em complemento a essas ações, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) contará com um espaço no evento para falar sobre o Projeto 3E tem como objetivo influenciar e desenvolver o mercado de eficiência energética em edificações comerciais e públicas, visando contribuir com a economia de até 106,7 TWh de eletricidade nos próximos 20 anos e com a redução de emissões de gases de efeito estufa em até 3 milhões de toneladas de dióxido de carbono (tCO2).

As construções verdes e o bem estar das pessoas – Estudos do Green Building Council mostram que as pessoas passam 90% de seu tempo em ambientes internos (residência, trabalho, escola, etc) e que melhorias no ambiente, tais como adequação da iluminação, qualidade do ar, etc, podem ampliar de 8% a 11% a produtividade dos habitantes. Com isso em vista, o evento vai receber Rick Fedrizzi, CEO do International WELL Building Institute (IWBI), que vai abordar esse aspecto das construções verdes.

Em paralelo, o GBC Brasil lançara o relatório resultado de um trabalho em parceria com o IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas da USP para avaliar qualitativamente os ambientes de trabalho. A entidade criou o Comitê Saúde e Bem-estar, com 46 especialistas, para atuar sob esse ponto de vista das construções. Segundo Felipe Faria, diretor executivo do Green Building Council Brasil, esse é um dos pontos focais do GBC nos próximos anos. “Essas mudanças na certificação das construções e edificações verdes fazem parte de um processo de aprimoramento no que diz respeito à formação de uma cultura sustentável em torno dessa cadeia produtiva e que tem gerado vantagens sociais, econômicas e sustentáveis”, afirma o executivo.

Outro ponto que o GBC Brasil destacará no evento é seu trabalho incisivo no que diz respeito à certificação de edificações residenciais, tanto prédios (multifamiliar vertical), quanto condomínios (multifamiliar horizontal).

Faria conta que, no ano em que o GBC Brasil completa 10 anos de atividades, as expectativas para o evento deste ano são grandes. “A construção sustentável segue seu crescimento de forma ininterrupta e inabalada pelas dificuldades econômicas do mercado. Dessa forma, o evento traz importantes contribuições para a cadeia produtiva da construção sustentável, no sentido de apontar tendências, inovações e gerar a possibilidade de efetivação de negócios nos quais o meio ambiente se beneficia, assim como as pessoas e a economia”, completa o executivo.

A Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2017 conta com o Patrocínio Diamante da BLOK, Patrocínio Platina Honeywell e Saint-Gobain, Patrocínio Ouro da Marcetex, Patrocínio Prata da AkzoNobel, Expancel, CTE, Eastman, LIV, RainBird e Sunew, Patrocínio Bronze da Santa Luzia além do apoio de importantes associações do setor como ABAL, ABGD, ABIESV, ABILUMI, ABRALIMP, ABRAVA, ANAMMA e ASBEA. Assim como no último ano, será realizada simultaneamente e com uma área de exposição comum à feira High Design – Home & Office Expo. A parceria entre estes dois eventos cria um encontro mais forte e abrangente para os setores de Arquitetura, Engenharia, Construção e Design.

 

 

Serviço: Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2017

Data: 8 a 10 de agosto de 2017

Local: São Paulo Expo

(Rod. dos Imigrantes, 1, Parque do Estado, São Paulo)

Informações e credenciamento pelo site: http://expogbcbrasil.org.br/

 

 

Sobre o GBC Brasil

O Green Building Council é uma organização sem fins lucrativos, presente em 80 países e com certificações em 165 países, com a missão de transformar a indústria da construção civil e a cultura da sociedade em direção à sustentabilidade. O GBC Brasil atua para desenvolver a indústria da construção sustentável no país, utilizando as forças de mercado para conduzir a adoção de práticas de green building em um processo integrado de concepção, implantação, construção e operação de edificações e espaços construídos, contribuindo para garantir o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, impactos socioambientais e uso de recursos naturais, visando a melhoria da qualidade de vida e bem-estar da atual e das futuras gerações. Suas atividades são focadas em capacitação profissional, disseminação de informações, relações governamentais e promoção das certificações LEED e Referencial GBC Brasil Casa.

 

Sobre o Informa Group

Líder no ramo de fornecimento de informações ao mercado empresarial, que são disseminadas por meio de publicações especializadas, newsletters, relatórios setoriais, conferências, congressos, seminários e feiras. Com mais de 35 anos de experiência internacional, temos ações negociadas na Bolsa de Londres desde 1985. Atualmente, nossa rede de escritórios cobre 188 países nos cinco continentes. O comprometimento com a qualidade é a nossa principal preocupação. Procuramos desempenhar o papel de catalisadores e disseminadores de conhecimentos, no intuito de melhorar a capacitação dos executivos nos mercados em que atuam.

<carla@mfree.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.