Campanha de vacinação contra a gripe continua até acabar o estoque

Crianças a partir dos seis meses até cinco anos incompletos estão entre o público-alvo que precisam ser vacinadas por serem vulneráveis para complicações da gripe.  Mesmo com o fim da Campanha Nacional, os grupos de risco podem procurar a vacinação, que continuará nos 110 postos de saúde distribuídos pela cidade, até terminar o estoque.

Os curitibanos passaram perto de atingir a meta de 90% de imunização contra a gripe na campanha. No entanto, mais longe da meta ficaram as crianças e gestantes, com 64,7% e 61,4%. Das 101.561 crianças abaixo de 5 anos, receberam a vacina 65.745. Das 18.612 gestantes, 11.421 se imunizaram contra a doença.

A Sociedade Paranaense de Pediatria, anualmente, faz um trabalho de conscientização com os pais sobre a importância da vacinação da gripe em crianças. Segundo a entidade, muita gente ainda tem dúvidas sobre os efeitos colaterais das vacinas. O objetivo é reduzir essas perguntas e aumentar a imunização das crianças.

Entre as dúvidas mais comuns estão as que tratam das restrições para quem pode tomar as vacinas. Segundo a SPP, a restrição não procede totalmente e, nesses casos, a vacina deve ser aplicada e a criança recebe acompanhamento. Outra dúvida comum é o aparecimento de sintomas da gripe em pacientes que tomaram a vacina. A SPP explica que pacientes nessa situação, possivelmente já estavam com o vírus antes de receber a dose.

 

 

 

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.