Como usar sapatos baixos no dia a dia?

A consultora de imagem Elisa Kohl dá dicas de como incorporar os sapatos baixos no dress code corporativo

Assunto muito discutido recentemente, principalmente para dress code corporativo, o uso de sapatos baixos tem conquistado muitas mulheres pelo mundo. Eles deixaram de ser apenas uma opção confortável para dias de lazer, mas tem invadido o dia a dia do trabalho, trazendo um “novo formal”, com flexibilidade para o uso do salto, prezando conforto, sem deixar de transmitir credibilidade e competência no look de trabalho. “Nesse novo formal a mulher precisa de mais criatividade na montagem do look”, afirma a consultora de imagem Elisa Kohl.

No Pátio Batel é possível encontrar desde as tradicionais sapatilhas, ankle boots e botas montaria, até os mais ousados loafers, mules e sneakers. Veja as dicas de Elisa Kohl para adaptar cada um deles na rotina diária e como combiná-los com peças chave do guarda-roupa feminino.

Sapatilha: os modelos com bico fino deixam o look mais sofisticado e lembram o scarpin, além de alongarem visualmente a silhueta (ótima opção para as mais baixinhas). Sapatilhas com aplicações, tecidos diferenciados e verniz também são uma opção para um look mais moderno. As sapatilhas podem inclusive ser usadas com saia lápis, midi, calça de alfaiataria com camisa ou até com t-shirt, tudo dependendo do ambiente de trabalho ou atividades do dia.

Botas sem salto: na versão de cano curto ou longo são versáteis e conferem um charme extra para os looks mais básicos. As ankle boots estão em alta neste inverno e podem ser usadas com saias e vestidos soltinhos. Para as baixinhas, a dica para dias mais frios é usar uma meia calça do mesmo tom da bota, para alongar as pernas.  Com jeans boyfriend ou sequinho a ankle boot está com tudo! Um truque de estilo é dobrar a barra da calça na altura do início do cano da bota, para um visual mais moderno e interessante. As botas de cano longo ou estilo montaria são perfeitas para usar com vestidos fluidos e saias mais longas.

Mule: casual, porém traz estilo e agrega informação de moda. A mule sem salto veio repaginada e aparece com bico fino, brilhos e bordados. Perfeita para usar com pantacourt, vestidos longos e calças curtas sequinhas. Se pensar numa Mule para o trabalho, invista num look atemporal com peças de alfaiataria.

Loafer: sapato masculino, sem cadarço, que caiu no gosto das mulheres. Traz conforto e sofisticação ao mesmo tempo, e fica ainda mais interessante se usado com calça skinny ou clochard mais curta ou dobrada com blazer e camisa. Para quebrar o efeito masculino do loafer é possível optar por um vestido ou saia (mini ou midi), e para dias mais frios invista na meia-calça mais grossa, de preferência próxima da cor do sapato. E para quem deseja ousar, vale a pena investir nos modelos metalizados!

Sneaker: se encaixa em várias produções, desde casuais até as mais sofisticadas. Várias marcas oferecem tênis com diferentes estampas, cores e bordados. O ideal é apostar em tons mais neutros com poucas cores, ou até mesmo monocromáticos, trazendo certa formalidade e elegância para o ambiente de trabalho. Para looks mais casuais pode ser usado com saia midi ou plissada e vestidos, misturando texturas de cores e tecidos. Pode circular do jeans a alfaiataria tranquilamente.

Dica de estilo: “Algumas mulheres preferem usar com a calça pijama ou skinny, o truque é deixar o tornozelo livre, para mostrar a pele e alongar visualmente a silhueta. Para as mais baixas o ideal é evitar calças flair com sneaker, mas para quem tem pernas mais longas fica interessante, só é preciso cuidar para manter o look alinhado, uma vez que esse modelo traz muita informalidade quando usado com tênis”. – Elisa Kohl