Eletrônicos usados podem virar dinheiro no NewBoss

Seu smartphone, tablet ou notebook pode ser comercializado com segurança estimulando o consumo consciente e evitando o descarte prematuro

Em maio, o NewBoss começou a compra e venda de produtos de seus usuários, se tornando o primeiro site do mercado brasileiro a atuar como marketplace e loja virtual ao mesmo tempo. Com os constantes lançamentos de eletrônicos de uso pessoal, cada vez com mais funcionalidades e design diferenciado, as pessoas estão trocando smartphones, notebooks e tablets, em um ritmo cada vez mais rápido e ficam sem saber o que fazer com os aparelhos antigos, seminovos e em perfeito estado. Basta criar uma conta e anunciar o produto no NewBoss (www.newboss.com.br). Essa possibilidade ajuda compradores e vendedores, mas principalmente propõe um consumo consciente de produtos que estão sempre se reinventando e criando novos desejos, e por consequência, gerando lixo eletrônico.

A América Latina gerou 9% dos resíduos eletrônicos do mundo em 2014, e o Brasil foi o maior produtor com 36,16% de descarte, enquanto Chile e Uruguai foram os maiores produtores per capita desse tipo de lixo na região. Um estudo da Associação de Empresas da Indústria Móvel (GSMA) e da Universidade das Nações Unidas adverte que a quantidade destes resíduos, ou “e-waste”, está crescendo no mundo e já superou 40 milhões de toneladas.

Devido ao descarte incorreto desse lixo eletrônico, muitas vezes despejado em lixeiras comuns e misturado a outros objetos de consumo, ocorrem grandes prejuízos à natureza. O principal problema é quando estes produtos são jogados no meio ambiente, fazendo com que as substâncias que compõe o aparelho tornem-se agressivas para a natureza, afinal estes produtos contêm chumbo, cádmio, mercúrio e berílio, que podem causar poluição e contaminação do solo e até mesmo da água, gerando doenças para os seres humanos e danos irreversíveis ara a natureza.

Como funciona o NewBoss?

  • Para quem compra: a navegação no site é contínua com design inovador e intuitivo, assim como uma loja virtual, a diferença é que o comprador tem acesso a produtos de diferentes vendedores, em um único espaço. Além das descrições apresentadas em cada produto, é possível conversar com o vendedor para tirar dúvidas sobre o aparelho. Na hora de realizar o pagamento (que pode ser feito em até 12x no cartão) basta preencher um cadastro rápido com dados básicos para criação da conta no site.
  • Para quem vende: basta fazer um cadastro pessoal e anunciar o aparelho, informando o valor da peça. O site cobra uma taxa de 10% para realizar a venda do produto e garantir a entrega da mercadoria, valor esse que pode ser adicionado ou subtraído do preço proposto, escolha que fica a cargo do anunciante. Em seguida basta adicionar os dados básicos do aparelho em um questionário de múltipla escolha, que pode facilmente ser preenchido no próprio smartphone. Esse questionário cria automaticamente o título e descrição do produto, o usuário não precisa se incomodar em criar tal descrição. O pagamento para o vendedor é à vista, mesmo que a compra seja realizada em parcelas no site.

Segurança na compra e venda

O pagamento das vendas feitas no NewBoss é feito com total segurança, com o vendedor recebendo o valor integral produto, que é enviado pelos Correios, assim que a mercadoria chega ao seu destinatário. Dessa forma, o sistema garante uma negociação segura até a finalização ou seu cancelamento. Agindo dessa maneira, o NewBoss afasta vendedores mal-intencionados, que normalmente se aproveitam de sites similares.

Jovens empreendedores

Com um perfil inquieto de quem está sempre em busca de novos desafios, típico dos millennials, os sócios Alfredo Mattiolli e Joaquim Santos Neto se conheceram nos corredores do colégio e transformaram a amizade de infância em parceria empreendedora. Responsável pela parte técnica e funcional do negócio, Alfredo é apontado pelo sócio como “um gênio da tecnologia”. Já Joaquim é responsável pelo networking e caça de tendências, que mantém a evolução contínua de um startup.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.