Espetáculo Contos de Nanook Estreia no Teatro Cleon Jacques Inspirado na Cultura dos Índios Inuit

Público de Curitiba visita o Polo Norte numa obra contemporânea que flerta com a realidade e o fantástico

 

A importância antropológica do povo Inuit é o ponto de partida de Contos de Nanook, que coloca em cena uma proposta de contrafluxo diante da quantidade de informações e da dinâmica tecnológica em que estamos imersos hoje. Ambientado em uma representação hiper-realista d o Ártico, o espetáculo tem como referência um dos documentários mais importantes da história do cinema: Nanook of the North, de Robert Flahertly, lançado em 1922. A temporada é de 16 de junho a 16 de julho de 2017, no Teatro Cleon Jacques com ingressos gratuitos.

No inverno mais rigoroso de sua existência, Nanook é um esquimó que está à espera da morte. Uma menina o encontra depois de ter atravessado boa parte do Polo Norte. Uma terceira figura, um urso polar, completa este universo marcado por relações de sobrevivência. O encontro improvávelentre as personagens se dá em contraste com o frio, o perigo, a melancolia e solidão. Contos de Nanook discute a dizimação de culturas colocadas à margem da sociedade.

Para Eduardo Ramos, diretor do espetáculo, o time de profissionais envolvidos na produção foi fundamental no processo de criação, permitindo a construção de uma linguagem particular, sem texto, ancorada no imaginário do público para despertar sensações intensas. Além dos atores Mauro Zanatta, Má Ribeiro e Bruno Lops, estão na equipe Edith de Camargo, Beto Bruel, Guenia Lemos, Eduardo Giacomini, Airton Rodrigues, Marcelino de Mirandha, Léo Moita, Malki Pinsag, Juliana Pedrozo e Laura Haddad.

Outro ponto importante para o projeto, segundo Ramos, é o teatro onde acontece a temporada: “A versatilidade do espaço, as condições técnicas e a história do Cleon Jacques, nos deram a certeza de que se trata do melhor lugar para estrear. Afinal Cleon foi um encenador apaixonado pela ousadia e pela busca de novas formas narrativas, um pioneiro da dramaturgia contemporânea no Paraná. E o teatro que homenageia seu nome tem a missão de perpetuar seu legado, dando espaço para criações de vanguarda e novas linguagens.”

Contos de Nanook é um empreendimento da Photon Cooperativa Cultural com realização da Setra Companhia, produção da Formiga Produtora e Duplo Produções, incentivo do Centro Universitário Internacional ­­— Uninter e da Clínica de Exames de Diagnóstico por Imagem — CEDIP, e apoio do Ap da 13, Cabify, BDrops TV, Labirinto, Locall de Cinema e Televisão, Mundo Livre FM, Padaria América e UniFM. Projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura — Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.

Sobre a Setra Companhia:

A Setra Companhia, fundada por Eduardo Ramos, em Curitiba, e tem como premissa a reunião de jovens e experientes artistas, buscando diferentes tipos de diálogos. Dedica-se à proposição de novas pesquisas estéticas e dramatúrgicas, com a criação de obras que habitam um campo entre o reconhecimento e a estranheza, de modo a promover sempre experiências novas e de extrema singularidade para o público. Entre suas encenações de destaque, está o espetáculo Mommy, realizado em 2016 no Teatro Novelas Curitibanas.

Ficha Técnica – Contos de Nanook

Dramaturgia: Léo Moita. Direção: Eduardo Ramos. Assistência de Direção: Juliana Pedrozo. Elenco: Bruno Lops, Má Ribeiro, Malki Pinsag, Mauro Zanatta. Iluminação: Beto Bruel. Cenário: Guenia Lemos. Figurinos: Eduardo Giacomini. Maquiagem: Marcelino de Mirandha. Composição Original e Preparação Vocal: Edith de Camargo. Preparação Corporal: Airton Rodrigues. Costureira: Sandra Francisca Canonico. Adereços: Katia Piccolin. Cenotécnico: Samuel Amorim. Desenho Sonoro e Operador de Som: Jo Mistinguett. Operador de Luz: Dani Régis. Assessoria de Comunicação e Imprensa: Luciana Melo. Arte Gráfica: Pablito Kucarz. Ilustrações: Guga Scharf. Fotos: Amanda Vicentini. Teaser e Registro Videográfico: Labirinto. Coordenação de Projeto: Laura Haddad / Duplo Produções. Direção de Produção: Juliana Pedrozo / Formiga Produtora. Produção Executiva: Thierry Lummertz e Lorayne Claudino. Captação de Recursos: Formiga Produtora. Incentivo: Uninter e CEDIP. Realização Setra Companhia

Serviço – Contos de Nanook:

Drama

Local: Teatro Cleon Jacques

Endereço: R. Mateus Leme, 4777 – São Lourenço. Curitiba – Paraná

Temporada: de 16 de junho a 16 de julho

Dias e horários: Sextas às 20h. Sábados às 18h e 20h. Domingos às 19h.

Entrada Franca: os ingressos devem ser retirados na bilheteria do teatro uma hora antes do espetáculo

Lotação: 100 lugares

Duração: 1h

Classificação indicativa: Livre

Com o código CONTOSDENANOOK novos usuários Cabify ganham 30%OFF em 5 corridas.

Informações: 41 99206-0284 e 3313-7190

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.