Gorjeta digital substituirá moeda física, aponta pesquisa da 99

Pesquisa inédita feita pela 99 sobre a cultura da gorjeta no Brasil mostra que 83% dos passageiros consultados acreditam que a tecnologia incentiva a entrega de gorjetas aos motoristas. O estudo ouviu esta semana, nos dias 10 e 11 de maio, mais de 7 mil passageiros em todo o Brasil, tanto do POP – categoria de carros particulares da 99, quanto de táxi. Deste contingente, 36% declararam já  terem usado o recurso de gorjetas, hoje disponível no aplicativo 99 de forma pioneira no Brasil.


Dados da pesquisa realizada com passageiros | Fonte: 99

 

“Sempre uso o recurso do aplicativo para dar gorjeta. Também costumava dar em dinheiro, mas o app facilita muito, pois nem sempre a gente anda com trocado na carteira”, afirma a administradora Luciana Saad Lutfi, que costuma avaliar os condutores pela simpatia, qualidade do carro e pontualidade.

A preocupação de Luciana com os “trocados” não é à toa. De acordo com informações divulgadas pela Casa da Moeda, em 2016, foram fabricadas aproximadamente 650 milhões de moedas, uma produção 12% inferior a 2015 e 73% menor que em 2013. Com as moedas desaparecendo aos poucos, aumenta a dificuldade em dar gorjetas em dinheiro. Algo que pode ser resolvido com a solução via aplicativo da startup.

O mesmo estudo da 99 ainda aponta que 69,6% dos usuários consideram o bom atendimento como o principal motivo da gratificação, embora 35,4% levam o fator da disponibilidade financeira em conta na hora de recompensar pelo trabalho bem executado.

Ponto de vista dos motoristas

Os resultados da pesquisa feita com os passageiros vai ao encontro dos dados levantados em um estudo semelhante realizado pela 99 apenas com os motoristas (15.182).  Quando perguntados sobre os fatores que mais influenciam na hora de ganhar a gorjeta, 74,5% disseram ser o bom atendimento algo primordial, deixando a disponibilidade financeira com 10,7%. “O passageiro sente a necessidade de compensar a corrida curta e nos ajuda com a gorjeta.”, explica o motorista Zaim Adam. “O segredo para agradar ao cliente é ser prestativo e fornecer um bom atendimento sempre.”

Dados da pesquisa realizada com motoristas | Fonte: 99

 

A 99 está ampliando as oportunidades dos motoristas concederem gorjetas aos motoristas. “Desde o início deste mês, o passageiro recebe um convite para dar gorjeta junto com o recibo da corrida, que chega pelo aplicativo”, conta Geraldine Haneine, gerente de Produto da 99.  A 99 está expandindo o alcance da ferramenta. “Muito em breve estará disponível para 100% das corridas pagas com cartão de crédito”, completa.

Quem quiser gratificar o condutor pode escolher um valor entre R$ 3, R$ 5 ou R$ 10, que serão pagos via cartão de crédito. Vale ressaltar que a 99 não tem participação nas gorjetas arrecadadas e que são recolhidos 5% do valor para remunerar a operadora do meio de pagamento digital.

Sobre a 99

A 99 é uma startup brasileira de mobilidade urbana que cria soluções de tecnologia para melhorar a vida das pessoas em seus trajetos, com percursos mais rápidos, econômicos e confortáveis. A empresa defende a diversidade de modais – táxi, carros particulares, transporte público, entre outros – como item imprescindível para construção de estruturas de transporte que garantam o direito de ir e vir nos grandes centros urbanos. A 99 conecta mais de 170 mil motoristas a 4,3 milhões de passageiros em 1087 cidades no Brasil e oferece quatro categorias, no mesmo aplicativo: 99POP, com carros particulares nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro; o 99TAXI, presente em todo o País e que pode circular nos corredores de ônibus (cidades de SP, RJ, BH); o Modo Desconto, que oferece a comodidade do táxi com valores até 30% mais baixos; e o 99TOP, serviço premium com táxis de luxo. http://www.99taxis.com/. <naiana.santos@cdn.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.