Pilar usa protocolo internacional no Atendimento 24 Horas para priorizar emergências

Diagnosticar rapidamente o problema e iniciar o tratamento o mais breve possível pode ser a diferença entre vida e morte em uma unidade de emergência. Para diminuir o risco de complicações e o sofrimento de pacientes mais graves, a equipe de enfermagem do Hospital Pilar utiliza um sistema internacional de triagem que garante o atendimento prioritário aos casos críticos.

A avaliação segue o Protocolo de Manchester, processo de classificação da gravidade do quadro do paciente baseado nos sintomas que define a prioridade de atendimento em cinco níveis: consulta eletiva, consulta simples, prioridade, urgência e emergência, identificados por pulseiras coloridas.

Para os casos classificados como de baixa gravidade há a opção de esperar ou agendar o atendimento no Centro Médico Hospital Pilar, que abriga também o Ambulatório Especial de Cardiologia, com especialista disponível sem necessidade de agendamento de segunda a sexta, das 8 às 12h e das 14 às 18h.

As instalações da Unidade de Atendimento 24 Horas oferecem leitos de suporte avançado à vida plenamente equipados para o atendimento de qualquer emergência, inclusive trauma e situações clínicas graves, leitos para observação com sistema de monitorização multiparamétrico, consultórios privativos e poltronas para atendimento rápido de pacientes em situações de menor gravidade de forma humana e confortável.

Além da estrutura física, o Atendimento 24 Horas conta com o apoio em tempo integral de todas as especialidades que possam ser necessárias em situações graves, como ortopedia, traumatologia, cardiologia, neurologia, cirurgia geral e especializada, entre outras, todas em regime de sobreaviso. (comunicacao@hospitalpilar.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.