Exposição retrata infância de irmãs pelo olhar do pai

Como lembramos de nossa infância? Quais sons e imagens guardamos de quando éramos crianças? Como era o relacionamento entre as pessoas da sua família? Esses são os detalhes que a exposição (hu)Manas retrata sobre a infância de duas irmãs curitibanas. O fotógrafo, e pai, Emmanuel Furtado, acredita que as melhores lembranças devem ser registradas por meio de imagens e sons e, por isso, revela ao mundo fotografias cativantes de Laura (dos 9 aos 11 anos) e Joana (dos 4 aos 6 anos) no ambiente familiar. A exposição é aberta ao público, na Biblioteca Central da Universidade Positivo (UP), até 10 de agosto.

Segundo Furtado, “as fotografias apresentam as angústias, ansiedades, alegrias, tristezas, raivas, brincadeiras, relacionamentos, transformações e o amor que, nos momentos nostálgicos que vivemos em nossas vidas de adulto, sentimos pelo cheiro do bolo da vó, pelas risadas assistindo um filme, pelas lágrimas das perdas e pelos sons da casa que saem da caixa empoeirada da memória e remexem as emoções. As imagens relembram nossa condição de humanos e nos convidam a refletir sobre o hoje e, quem sabe, sobre o futuro das crianças do mundo”, explica. Dessa maneira, a exposição é um convite à reflexão sobre o mundo atual e o que ficará para as nossas crianças, bem como a necessidade de resgatar os valores e memórias dessa idade. Os interessados podem assistir aos vídeos do projeto feitos pelo fotógrafo em https://goo.gl/7KMQvx .

Sobre o artista

Emmanuel Furtado é pai da Laura e da Joana, casado com Nicole e amante eterno da fotografia de família. Desde a infância, gostava de registrar momentos familiares. Depois do nascimento da primeira filha, Laura, dedicou-se cada vez mais a registrar os momentos que passava em família. A rotina da infância, segundo ele, ficou mais interessante quando Joana nasceu. “A relação entre irmãs deu outra dinâmica e, depois de um tempo, surgiu a ideia do projeto de registrar seus momentos”, conta.

Furtado é fotógrafo formado pela Omicron Escola de Fotografia. Participou da Exposição Inverno e Sensações promovido pelo Centro Histórico de Curitiba. Sua foto “Manhã no calçadão da XV” foi classificada no Concurso Nacional Novos Fotógrafos, para compor o livro Cidades em Tons de Cinza.

Serviço

Exposição (hu)Manas

Onde:  Universidade Positivo – Câmpus Ecoville | Biblioteca Central (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300, Ecoville)

Quando: 04 de julho a 10 de agosto

Quanto: Entrada gratuita

centralpress@centralpress.inf.br

Crédito: Emmanuel Alencar Furtado