Exposição Trilha Urbana da artista plástica Silvia Zyla

O universo de Silvia Zyla é conhecido principalmente pelos seus temas de natureza, a memória afetiva dos jardins de sua infância, os animais, as composições surreais e os traços quase sempre minúsculos, criando pequenos mundos de fantasia.

Com esta exposição, que se junta à outra mostra que está acontecendo no Restaurante Missê Mariá, “Quintais da Memória”, a artista nos mostra outras facetas de sua arte, facetas mais urbanas. Em “Quintais da Memória”, o foco é o objeto, presente nas séries Varais, Estantes e Entulhos.

Em “Trilha Urbana”, o tema é a cidade, suas paisagens e seus habitantes. A bicicleta neste contexto é de vital importância para a artista, um símbolo da ligação entre os humanos e a natureza. Neste caso, entre os humanos e a cidade. Os casarios, os prédios, sombrios e fantásticos, são os trabalhos mais atuais da artista.

Os temas femininos também estão aqui presentes. Ao fundo, na composição “Flor da Pele”, uma dama antiga à la Lautrec parece se metamorfosear em meio a uma profusão de cores. Do lado esquerdo, na série branca, a mulher “escultura”, idealizada, estática. Do lado direito, na série lilás, a mulher atual, as preocupações com o corpo, o erotismo e as calcinhas no varal, em algum lugar entre o humor e o despojamento.

A artista vai para a cidade, mas nunca abandona suas memórias, seus jardins, seus bichos. Está tudo aqui. As formigas entre os objetos lúdicos. Os passáros que sempre a perseguem. Os varais onde se pendura de tudo.  E ao adentrar nos becos de sua cidade, vamos encontrando ecos de seus trabalhos anteriores. E ao percorrer suas trilhas, indagamos se estamos diante de caminhos ou de canções.

 

Serviço:

Exposição: TRILHA URBANA

Artista: SILVIA ZYLA

Restaurante Mezanino das Artes.  Al. Dr.º  Carlos de Carvalho,  805 –

Tel.: 41 322-3439

De segunda a sábado das 11:30 às 23:00

Curadoria: Marcelo Bergamo e Triana Ballesta

Abertura: 21/06/2017

Encerramento: 08/07/2017

adelinedrau@gmail.com