Luminárias inspiradas nas luzes de Paris possibilitam infinidade de composições

Modernidade, personalidade e versatilidade – essas são as principais características da linha de luminária LIGNES, criada pelo arquiteto Felipe Saia, do escritório Saia Arquitetura.  Composta por arandelas, pendentes, divisórias de ambientes e luminárias externas, a linha tem duas propostas básicas: disponibilizar uma grande variedade de peças modulares e oferecer a possibilidade de projetos customizados.

Para desenvolver os produtos, o arquiteto buscou inspiração nos ares da França, mais especificamente no romantismo, nas tradições e nas famosas luzes de Paris. E foi no Brasil, em parceria com a Klaxon, distribuidora de artigos de iluminação e decoração, que as luminárias foram legitimamente concebidas a partir das características urbanas da metrópole, combinadas com todo o charme e elegância típicos do cidadão francês. Em homenagem ao país europeu, cada luminária carrega em seu nome algumas das 302 estações do metrô de Paris.

O arquiteto Felipe Saia destaca que as luminárias LIGNES são originais, mas permitem infinitas composições. “Elas podem ser utilizadas como iluminação estética, peças de decoração, iluminação funcional, divisórias de ambientes, moldura para quadros, moldura para logomarcas, iluminação para espelhos em closets, entre outras opções”, ratifica. As peças podem ser instaladas em quaisquer configurações e todos os modelos podem ser produzidos nas cores cobre, dourado, cromado e pintado.

Saia Arquitetura
Fundando em 2013 pelo arquiteto Felipe Saia, o escritório Saia atua em diversas áreas da arquitetura, e se destaca principalmente pela arquitetura de interiores para ambientes corporativos e residenciais. Procurando desenvolver a arquitetura na sua forma mais abrangente, o Saia utiliza ideias aliadas ao design contemporâneo, bem como ao resultado estético e funcional adequado.

Serviço:
Saia Arquitetura
Contato: (41) 98507-7275 –  felipe@felipesaia.com.br
www.saiaarquitetura.com

jornalismo6@bgassessoriaexpress.com