Sonda Ativas divulga resultados conquistados com projetos de sustentabilidade

As ações contabilizam uma economia de quase 290 mil litros de água e o descarte correto de cerca de 150 quilos de lixo eletrônico desde sua implementação

A Sonda Ativas, uma das principais provedoras de serviços gerenciados de TI controlada pelos grupos Sonda, Asamar e Cemig, anuncia os excelentes resultados conquistados por meio de iniciativas de sustentabilidade implantadas na organização com o objetivo de colaborar com o meio ambiente e otimização de processos. Os projetos “Economia de água com garrafas pet”, “Troque o seu lixo eletrônico por uma muda” e “Arejadores nas torneiras” foram implementados há cerca de um ano e meio na companhia e já promoveram benefícios como a redução do consumo de água, o incentivo do cultivo de plantas e a conscientização do descarte correto de lixo eletrônico.

O projeto “Troque seu lixo eletrônico por uma muda”, idealizado por Diego Siqueira, Analista de Infraestrutura da Sonda Ativas, já distribuiu cerca de 120 plantas e contabiliza aproximadamente 150 quilos de sucata descartada corretamente. A iniciativa é uma maneira de conscientizar e incentivar os colaboradores da empresa a trocarem o lixo eletrônico gerado em suas casas por uma muda, dando a destinação correta para esse lixo e contribuindo para a preservação ambiental. O programa recebe sucatas em geral, como acessórios de informática, material elétrico e eletrônico, motores, eletrodomésticos, máquinas e equipamentos industriais. Em contrapartida, os colaboradores ganham mudas de árvores frutíferas, pingo de ouro e roseiras para serem plantadas e cultivadas.

Além deste projeto, a SONDA ATIVAS conta com outros dois programas para redução do consumo de água, surgidos na época em que o racionamento estava acontecendo em algumas cidades brasileiras. O plano “Economia de água com garrafas pet”, que também foi sugerido por Siqueira, prevê uma economia de 145.440 litros por ano (até hoje, foram quase 290 mil litros). O procedimento é simples e eficaz: basta colocar uma garrafa pet com um litro de líquido dentro da caixa da descarga. O recipiente preenche um espaço de forma a garantir que, após o acionamento da bomba, entre um litro a menos na caixa. Ou seja, é possível que qualquer empresa ou residência que queira se comprometer com a preservação do meio ambiente faça a mesma coisa.

O empenho em reduzir o consumo de água na SONDA ATIVAS conta ainda com a sugestão da Mônica Oliveira, Analista de Processos da empresa, que desenvolveu um projeto para a instalação de arejadores nas torneiras com a função de misturar água com ar, diminuindo o fluxo, mas sem perder a sensação de volume porque o jato é direcionado. Uma torneira aberta por 10 segundos tem vazão de 1,450 litros de água. Já com o arejador econômico, o consumo cai para 600 ml, gerando cerca de 60% de economia.

Implementados entre 2015 e 2016, os projetos fortalecem a estratégia de sustentabilidade da Sonda Ativas, incentivando a preservação do meio ambiente e intensificando a conscientização dos colaboradores, que já veem as ações como atividades habituais. “Os três programas são simples e trazem retorno imediato para o meio ambiente. Além disso, também tivemos o engajamento dos funcionários em prol de uma ação que promove vantagens a todos. Reduzimos o consumo de água e o lixo com iniciativas sugeridas por nossos colaboradores e que podem ser replicadas facilmente”, comenta Erica Silva, Business Partner da Sonda Ativas.