Alfabetização: como guiar a criança nesse caminho cheio de descobertas

Educadora explica como os pais podem contribuir para o processo de aprendizado dos filhos

 

Ter filhos em fase de alfabetização é passar pela incrível experiência de ver um pequeno indivíduo começar a decifrar o mundo da leitura e da escrita. De um lado, crianças mergulhando num novo universo. De outro, pais encantados com a novidade, mas aflitos com algumas dúvidas, como “será que meu filho está aprendendo no ritmo certo?” e “como devo fazer para ajudá-lo nessa etapa?”.

A pedagoga Simone Stival, coordenadora da Educação Infantil da Editora Positivo, recomenda que, durante o processo de alfabetização, os pais evitem fazer comparações que acabam gerando ansiedade e insegurança. O ideal é elogiar o que a criança já sabe, as suas conquistas, para, a partir daí, desafiá-la a conquistar novos níveis de aprendizado. “Crianças são curiosas por natureza, e nada melhor do que deixar essa curiosidade ditar a velocidade das descobertas”, afirma a educadora.

Segundo Simone, os pais devem ouvir o que o filho fala, escreve e a leitura que faz de algum texto. “É no dia a dia, conversando com a criança que conseguiremos identificar o que ela já sabe sobre o mundo da escrita”, reforça Simone. Um exemplo de como fazer isso é convidar a criança para escrever a lista de compras do supermercado. “Os pais devem combinar que escreverão a lista junto com os filhos, uma palavra cada um”. Mas a educadora alerta que alguns cuidados devem ser observados: “é preciso fazer isso sem pressa; os combinados com a criança devem sempre serem respeitados; não há necessidade de mentir dizendo que o que ela escreveu está certo, se não estiver; e, por fim, a lista deve realmente ser usada junto com a criança”. Segundo Simone, são as situações reais de uso da leitura e da escrita, no dia a dia, que ajudarão a criança a compreender o mundo da escrita e sua funcionalidade, instigando cada vez mais as perguntas “como se escreve?” e “como se lê?.

A importância da leitura de pai para filho

A leitura, quando inserida desde cedo no universo da criança, ajuda a prepará-la para a fase da alfabetização. Quando os pais leem histórias para seus filhos, estão estimulando uma série de habilidades relacionadas à imaginação e criatividade – além de provocar na criança a vontade de realizar a sua própria leitura. “Essa prática amplia o vocabulário e as possibilidades de reconhecimento e compreensão de palavras em diferentes contextos”, afirma Simone. A leitura incita a escrita, desperta o desejo de querer se expressar por meio da fala e do ato de escrever. “Portanto, ler frequentemente para seus filhos é uma excelente maneira de os pais ajudarem seus pequenos a aprender a ler e a escrever”, completa a pedagoga.

Dicas para os pais

Para ajudar os pais nessa fase da vida dos filhos, a educadora cita ainda outras formas de contribuir para o aprendizado e desenvolvimento da criança:

– Organizar um cantinho com materiais escritos diversos.

– Organizar um cantinho do quarto da criança para uma mini biblioteca.

– Escrever bilhetes – sobre situações diversas – para colocar na porta da geladeira.

– Escolher uma receita culinária. Ler com a criança os ingredientes que devem ser separados para fazer a receita. Ler como fazer. Conversar a respeito.

– Escrever com a criança um e-mail para um parente distante.

– Utilizar jogos de letras e palavras para brincar com a criança.

– Ler os prazos de validade dos produtos e conversar a respeito.

Sobre a Editora Positivo

Fundada há 37 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Editora especializou-se ao longo dos anos e tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Para a rede pública a editora disponibiliza o Sistema de Ensino Aprende Brasil. Já as escolas particulares contam com o Sistema Positivo de Ensino. Cerca de 2 milhões de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão.

Sobre o Sistema Positivo de Ensino

É o maior e mais tradicional sistema voltado ao ensino particular no Brasil. Com um projeto sempre atual e inovador, ele oferece às escolas particulares diversos recursos que abrangem alunos, professores, gestores e também a família do aluno com conteúdo diferenciado. Para os estudantes, são ofertadas atividades integradas entre o livro didático e plataformas educacionais que o auxiliam na aprendizagem. Os professores recebem propostas de trabalho pedagógico focadas em diversas disciplinas, enquanto os gestores recebem recursos de apoio para a administração escolar, incluindo cursos e ferramentas que abordam temas voltados às áreas de pedagogia, marketing, finanças e questões jurídicas. A família participa do processo de aprendizagem do aluno recebendo conteúdo específico, que contempla revistas e webconferências voltados à educação.