Azul voará para Pato Branco a partir de novembro

A Azul anuncia hoje a inclusão de mais um destino em seu mapa de rotas: Pato Branco, no Paraná. A companhia pretende iniciar as operações na cidade em 6 de novembro de 2017, com três voos semanais ligando Pato Branco a Curitiba. Com isso, a cidade de Pato Branco passa a estar conectada à maior e mais abrangente malha aérea do país, com mais de 100 destinos, dentro e fora do Brasil. A companhia formalizou o pedido de voos à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e aguarda aprovação do órgão regulador para dar início à venda dos bilhetes. Os voos, quando aprovados, devem ser realizados com os modernos turboélices ATR 72-600, com capacidade para até 70 Clientes

Nos primeiros meses, a Azul deve operar três voos semanais, às segundas, sextas e domingos e, em fevereiro, aumentará a oferta incluindo operações às quartas-feiras. Os voos serão vespertinos e terão duração de cerca de uma hora e vinte minutos. O trajeto de aproximadamente 440 km pode durar, via terrestre, cerca de seis horas. A conectividade da rota é um diferencial, pois a partir de Curitiba, os Clientes de Pato Branco poderão chegar a São Paulo (Viracopos), Belo Horizonte e Rio de Janeiro (SDU) por meio de conexões rápidas e eficientes.

“Anunciamos hoje uma importante ação da Azul no Paraná. Com o voo para Pato Branco, ampliamos oportunidades para que a população regional, que já demandava este voo, acesse com mais rapidez diversas regiões do Brasil, graças à capilaridade de nossa malha aérea. Ainda, a força de nossas operações contribuirá para expandir a economia de Pato Branco, pois a ligação é muito importante para fortalecer os negócios da região”, afirma Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul.

Pato Branco será a sétima base da Azul no Paraná – as demais cidades com operações são Curitiba, Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá e Ponta Grossa–, o que ampliará a liderança da empresa, que hoje conta com 54 decolagens diárias no Estado.

As passagens começarão a ser comercializadas somente após a aprovação da operação pela Anac, momento em que serão divulgadas também o valor das tarifas dos voos.

 

A bordo – O modelo ATR 72-600, de fabricação franco-italiana e amplamente utilizado pela Azul (a companhia é o maior operador do mundo), é o turboélice mais moderno que existe atualmente. Com 70 assentos, a aeronave é ideal para a operação de rotas consideradas regionais, caso de Pato Branco. A bordo, os Clientes encontrarão  o padrão Azul, em um avião com configuração de poltronas 2-2 e distribuição desnacks e bebidas à vontade e sem custo adicional. Além disso, a revista de bordo Azul Magazine é a opção de leitura ao longo da viagem.

 

O destino – Pato Branco é um município situado na região Sudoeste do Paraná, próximo à divisa com Santa Catarina e cerca de 100 km da Argentina, numa importante posição estratégica para o Mercosul. A cidade tem aproximadamente 80 mil habitantes e suas principais atividades econômicas envolvem o agronegócio, comércio, serviços e a área industrial, principalmente nos ramos metalúrgico, mecânico, tecnológico e moveleiro.

Em 2017, numa pesquisa da Revista Exame, a cidade foi elencada como a 11ª melhor cidade para se envelhecer no Brasil e a 1ª no Paraná.

imprensa@voeazul.com.br