Carros usados: sete dicas para garantir um bom negócio na hora de comprar

Os auto preços de carro 0Km vem afastando o consumidor das concessionárias. Além do preço dos impostos embutidos, quem deseja um carro mais completo  tem que arcar com o valor dos itens adicionais que encarecem o produto ainda mais. Nesse cenário, surge uma grande demanda de compradores de carros semi-novos, algo que pode ser vantajoso em alguns casos, mas pode se tornar um problema para aqueles que ainda não possuem conhecimento ou são leigos no assunto.

Infelizmente, há vendedores que agem de má fé e vendem gato por lebre a um preço injusto, não condizente com a real situação do veículo que apresentará problemas e complicações a longo, médio e curto prazo. Depois de assinada a documentação e do valor repassado ao vendedor, é quase impossível a devolução do automóvel e você pode amargar grande prejuízo.

 

Listamos sete dicas que podem alertar e facilitar a vida de quem deseja comprar um automóvel semi-novo. Confira:

1)Pesquise sobre o vendedor: Independente de comprar em lojas ou de terceiros, procure saber um pouco mais sobre o vendedor. Em caso de estabelecimentos comerciais, vale a pena perguntar a vizinhos, pesquisar as avaliações de antigos compradores nas redes sociais e até ligar antes de fazer a visita para verificar se as informações são coerentes. Em caso de compras com terceiros também vale a pesquisa em redes sociais e bastante conversa, na qual você poderá analisar e até pechinchar um desconto.

2)Não pague adiantado. Em hipótese alguma adiante parte ou o total do pagamento do veículo. Tenha a documentação toda em mãos para que somente assim o valor seja transferido. Se algum vendedor pedir parte do dinheiro ou tentar negociar a entrada de algum valor antes de toda papelada assinada, desconfie.

3)Leve um mecânico para avaliar o veículo. Antes de fechar a venda, leve um mecânico de sua confiança e peça para que ele avalie todo o carro. Ele poderá dizer se o valor proposto está justo e também indicar os reparos que você precisará fazer em caso de compra. Se você não conseguir nenhum profissional para ir com você, peça ao vendedor para fazer um teste drive e no caminho, passe em uma oficina mecânica.

4)Avalie a as oportunidades. Muitas vezes encontramos um veículo com ótimo preço, mas com um item ou peça danificada. Faça um orçamento do produto estragado e veja se compensa comprar o carro e trocar apenas a peça, tornando a compra mais vantajosa. Casos como estes acontecem constantemente com pneus, que podem ser comprados separadamente por preços menores fazendo você economizar na compra do veículo.

5)Faça a compra focado em sua necessidade. Ao procurar um veículo para comprar, faça antes uma lista do que você quer e precisa em um automóvel. Assim, ficará mais fácil recusar itens promocionais, modelos mais caros e outras sugestões de compra que o vendedor provavelmente fará na intenção de vender algo mais caro.

6)Não feche negócio no mesmo dia. Procure obter o máximo de informações possíveis antes de fechar uma compra. Além disso, você pode e deve pechinchar o máximo de descontos que conseguir. Procure o modelo que escolheu em outras lojas ou com outros compradores e compare.


7)Desconfie de ofertas irreais
. Muitas vezes somos atraídos por preços muito abaixo da tabela ou do que é praticado no mercado. Ofertas mirabolantes na maioria das vezes indicam que há algo errado. Há  possibilidade de o veículo aparentar bom estado mas ter sérios problemas escondidos pelo vendedor. Procure um vendedor que possa oferecer o máximo de informações possíveis sobre o carro. Pesquise antes o modelo que você deseja comprar e seu valor no mercado de novos e semi-novos.