Colégio Visconde de Porto Seguro promove palestras de conscientização sobre a saúde do adolescente

Bate-papo terá a presença dos especialistas Dr. Jorge Hallak e Dra. Elaine Frade Costa

Tão importante quanto a formação intelectual e os resultados acadêmicos é orientar sobre práticas e políticas educacionais que abracem a causa da saúde do adolescente. Por isso, o Colégio Visconde de Porto Seguro, em parceria com o Centro Androscience de Ciência & Inovação e do Instituto de Estudos Avançados da USP (IEA) promoverá 3 dias de palestras sobre a saúde do adolescente.

A iniciativa faz parte do Projeto de Educação em Valores do Colégio, que visa a promover, integrar e socializar as boas práticas no ensino. Sete temas dão estrutura ao programa: convivência cidadã, educação socioambiental, orientação profissional e empreendedorismo, cidadania digital, orientação de estudos, prevenção e autonomia e ritos de passagem.

Os encontros serão ministrados pelos médicos Dr. Jorge Hallak e Dra. Elaine Frade Costa, nos dias 21, 23 e 30 de agosto, nos três campi do Colégio (Morumbi, Panamby e Valinhos), para pais e alunos. O ciclo de palestras abordará temas que envolvem drogas e a saúde dos adolescentes.

“Nós, como uma instituição que prima por um ensino de excelência e o desenvolvimento de múltiplos talentos e competências, temos como objetivo com esta iniciativa promover reflexões e debates que contribuam para o desenvolvimento de novas soluções preventivas relacionadas ao tema e promover orientação futura aos nossos jovens para que eles tenham sempre um desenvolvimento saudável durante esta fase e vida adulta”, Silmara Casadei Diretora geral Pedagógica do Colégio Visconde de Porto Seguro.

Para o Dr. Jorge Hallak, as palestras serão momentos essenciais para divulgar ainda mais conhecimento deste tema para as famílias. “É essencial levar informação sobre o quanto as drogas podem ser devastadoras na saúde dos adolescentes. É uma honra para mim, como médico e orientador, estar presente nesta iniciativa do Colégio que traz uma proposta que, sem dúvida, irá engajar as famílias na conversa com seus filhos e prevenir que eles se envolvam agora ou futuramente com substâncias ilícitas que podem trazer sérios prejuízos para a saúde destes jovens”, afirma Dr. Jorge Hallak

A iniciativa promovida pelo Colégio também vai ao encontro de um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU): “Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos”. A meta ainda abrange a intensificação da informação e educação em saúde sexual e reprodutiva até o prazo de 2030.