Dez cânceres mais comuns no Brasil

O câncer é responsável por quatro milhões de mortes ao redor do mundo todos os anos. Os avanços tecnológicos recentes têm permitido a compreensão dos fatores ambientais e genéticos que desencadeiam o processo cancerígeno. Mas dados coletados nas últimas décadas mostram uma relação próxima entre o estilo de vida, fatores ambientais e genéticos, com o surgimento do câncer.

“A maioria dos casos de câncer apresenta um estágio pré-clínico longo, ou seja, acredita-se que o câncer possa levar de 10 a 30 anos para se manifestar clinicamente em uma parcela dos casos, por isso, uma alimentação desequilibrada, tanto quantitativamente, quanto qualitativamente, pode gerar prejuízos à saúde no futuro e contribuir para a pré-disposição do desenvolvimento do câncer”, explica a médica hematologista, Dra. Jerusa Miqueloto, do Laboratório Frischmann Aisengart.

 

Mais comuns no Brasil

No Brasil os tipos mais comuns de câncer nas mulheres são o de mama, colo de útero, cólon e reto, pele, tireóide e pulmão. Já entre os homes, predominam os casos de próstata, pulmão, cólon e reto, estômago e boca. Anualmente, mais de 400 mil novos casos são identificados em pacientes brasileiros.

 

Os que mais matam no país

Apesar do avanço da medicina, ainda não foi identificada uma fórmula exata para a cura. As doenças cancerígenas são a segunda maior causa de mortes no Brasil. No top 10 em mortes estão o câncer de pulmão, estômago, colorretal, próstata, mama, fígado, pâncreas, boca, leucemia e colo de útero.

 

Prevenção

A prevenção é a principal arma contra o câncer. A identificação dos fatores de risco e o acompanhamento médico permitem a antecipação ao surgimento da doença. Além de manter uma alimentação balanceada e evitar o uso de cigarro e bebidas alcoólicas, o acompanhamento médico regular, exames preventivos, exposição ao sol entre 10h e 16h e a prática de atividades físicas diariamente estão entre as ações indicadas para a evitar o câncer.

Paula Batista