Felipe Amaral, Pedro Matos e Amanda Santos: campeões do Brasileiro de Seniores 2017 no Paraná

O Campeonato Brasileiro de Senioresem três categorias movimentou a Sociedade Hípica Paranaense, entre 3 e 6/8. Estiveram em jogo três títulos: Senior Top (categoria de rendimento máximo no hipismo), a 1.55 metro, Senior, 1.40 metro, e Senior Especial, a 1.30 metro, com percursos idealizados pelo course-designer olímpico Guilherme Jorge. No sábado, 5/8, saiu a definição do título Senior Top, em que o jovem talento Felipe Amaral com Premiere Carthoes BZ, conjunto reserva na Rio 2016, faturou o bicampeonato 2013/2017. Já no domingo, 6/8, saiu a definição dos títulos Senior e Senior Especial, respectivamente, com vitória de Pedro Tavora de Matos com Germanico T e Amanda Teixeira dos Santo apresentando Intoyka. Ronaldo Bittencourt Filho, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo na gestão 2017 a 2020, acompanhou de perto a competição.

A disputa

Na categoria Senior Top, 16 foram para o GP Final com dois percursos disitinto. Somente Felipe Amaral e Premiere Carthoes BZ chegaram ao final do Campeonato – disputado em duas provas e quatro pistas – sem um único ponto perdido. Também com excelente atuação o vice campeonato ficou com Artemus de Almeida com Cassilano JMen, dupla que perdeu apenas 1 ponto na 1ª passagem do GP, por São Paulo. Enquanto o 3º posto coube ao carioca Victor Mariano Luminatti apresentando Homer van de Barbelus ML, vencedor da prova final com dois zeros ao lado do campeão Felipe, fechando o campeonato com 6 pontos perdidos (pp) da primeira prova.

Para Felipe, 26, carioca que defende São Pualo, a vitória foi mais que especial. “É uma emoção muito grande vencer o Campeonato Brasileiro pela segunda vez ainda mais com o mesmo cavalo”, contou Felipe. “Em 2013 quando ganhamos pela primeira vez, o Carthoes BZ tinha 9 anos e eu estava começando a montar ele. Devo essa conquista a toda minha equipe que sempre trabalha duro para que os resultados aconteçam”, destacou o bicampeão. “Agora vamos saltar os Internacionais do Clube Hípico de Santo Amaro e Indoor na Hípica Paulista, ambos em setembro. No final do ano, estou planejando uma temporada na Europa.”

“Estamos sempre observando os cavaleiros Europa, mas o Campeonato Brasileiro Senior e demais etapas do ranking da categoria, também são base para formação das nossas equipes nos próximos eventos internacionais como o Odesur, Mundial, ambos em 2018, Pan-americano 2019, entre outras competições”, destacou Ronaldo Bittencourt Filho. “Aproveito para agradecer o empenho do Marcelo Messias, presidente da Federação Paranaense de Hipismo, e Marcelo Mucellin, presidente da Sociedade Hipica Paranaense, em prol da realização do Campeonato Brasileiro e outros eventos sempre bem sucedidos aqui no Paraná.”

Na decisão do Brasileiro Senior, dos 34 conjuntos que largaram na categoria, 20 foram para para decisão na corrida pelo ouro individual. O cavaleiro de São Paulo Pedro Henrique Tavora de Matos apresentando Germanico T, que computou apenas 4 pontos perdidos (pp) ao longo dos cinco percursos três provas, trazidos da 2ª parcial, faturou seu primeiro título brasileiro Senior.

O pódio foi inteiramente dominando por representantes de São Paulo e o vice-campeonato ficou com Alberto Muylaert apresentando C´est Dorijke, também com apenas uma falta, 4,46 pp. Em 3º lugar chegou Marcos Antonio da Costa de Ribeiro Junior com Gitan M, que computou 7,21 pp.

Na categoria Senior Especial, que contou com a participação de 48 conjuntos, 25 foram foram para final individual e a vitória ficou com jovem amazona catarinense Amanda do Nascimento Teixeira Santos, 20, montando Intoyka, sua parceira de grandes conquistas já nas categorias de base. A armação de pista esteve a cargo do course-designer olímpico Guilherme Jorge, responsável pelos percursos na Rio 2016.

Amanda e Intoyka fecharam o campeonato sem cometer faltas nos obstáculos com apenas 0.36 pontos perdidos (pp) trazidos da prova de caça na 1ª de três provas quando ficou em 3º lugar. Também sem faltas na pista, o paranaense Felipe Juares de Lima com Laudator JMen conquistou o vice-campeonato, 3,12 pp. Já o 3º posto ficou com o cavaleiro paulista Luiz Guilherme Ciampi montando Kracatoa Império Egípcio, também com menos de 1 falta, 3,12pp.

Na disputa por equipes, cavaleiros e amazonas de São Paulo fizeram jus a força do hipismo no Estado – que reúne cerca de 70% dos cavaleiros e amazonas em atividade no país –  faturando três ouros.

Final Individual Brasileiro Senior Especial

Campeã Amanda do Nascimento Teixeira Santos / Intoyka – FCH – 0.36 pontos perdidos
Vice Felipe Juares de Lima / Laudator JMen – FPrH – 3,12 pp
3º Luiz Guilherme Affonso Ciampi / Kracatoa Império Egípcio – FPH – 3,12 pp
4º Henrique Rocha Lobo / Zingaro TW – FHMG – 5,11 pp
5º Mariana Cassetari / Miss Holsteins Merci – FCH – 6,89 pp
6º Marucio de Oliveira Franco / Euclides Método – FPrH – 7,54 pp
Final por equipes Brasileiro Senior Especial
podio equipes seniorespecial650

Final Individual Brasileiro Senior

Campeão Pedro Henrique Tavora de Matos / Germanico T – FPH – 4 pp
Vice Alberto Muylaert / C´est Dorijke – FPH – 4,56 pp
3º Marcos Antonio da Costa Ribeiro Junior

/ Gitan M – FPH – 7,21 pp
4º Artemus de Almeida / Cassilero – FPH – 9,61 pp
5º Bartholomeu Bueno de Miranda Neto / Equus Group Zippo – FPH – 9,62 pp
6º Patsy Mourão Zurita / Xindoctro Método – FPH – 11,03 pp

Final Brasileiro Senior Top

Campeão Felipe Amaral / Carthoes BZ – FPH – 0 pp
Vice Artemus de Almeida / Cassilano JMen – FPH – 1 pp
3º Victor Mariano Luminatti / Homer van de Barbelus M – FEERJ – 6 pp
4º José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Azrael W – FPH – 9 pp
5º Marcos da Costa Ribeiro Junior / Princess de Revel – FPH – 16 pp
6º Tiago Mesquita / Baptista – FEERJ – 16 pp

Resultado completo 

 

imprensa@cbh.org.br