Volkswagen Novo Polo: um carro de estilo jovem e carismático com design expressivo

O Novo Polo é um carro único, especialmente para o Brasil. Um modelo global que chega ao mercado nacional com design frontal exclusivo, inspirado em pesquisas com clientes brasileiros e com foco na regionalização dos produtos Volkswagen.

O Novo Polo é o primeiro veículo compacto da marca desenvolvido a partir da Estratégia Modular MQB, o que proporcionou benefícios nítidos em proporções e estilo. A sexta geração do Polo é a maior da história, com excelente aproveitamento de espaço.

Simplesmente superior – O Novo Polo tem proporções dinâmicas e uma silhueta bem mais alongada, porque a distância entre-eixos, comprimento externo e largura cresceram, enquanto a altura continuou praticamente a mesma. A equipe de design aproveitou o realinhamento dessas três dimensões para criar um Polo esportivo e totalmente superior. O resultado é um carro compacto com design muito expressivo.

Os benefícios da Estratégia Modular MQB refletem nas dimensões do Novo Polo. Com a maior distância entre-eixos foi possível o deslocamento das rodas mais para as extremidades e, consequentemente, encurtar os balanços, o que dá ao carro uma imagem muito mais esportiva.

A linha do teto está mais longa e mais elegante. Na traseira, ela se une a um defletor no teto. Uma linha fina na lateral da carroceria corre paralela à linha do teto. Ela rebaixa visualmente o centro de gravidade do Novo Polo. Os detalhes fundamentais do modelo incluem sua longa linha de janelas laterais – o Novo Polo é o único Volkswagen que tem uma linha de janelas que termina em ascensão tanto à frente como atrás. A coluna “C”, em particular, que agora alcança mais à frente, torna o estilo do carro mais dinâmico nessa área e dá impressão de que o modelo tem alta performance, mesmo estático.

Feito para o Brasil, inspirado em pessoas – A dianteira do Novo Polo brasileiro é única e foi desenvolvida a partir do resultado de clínicas de opinião com clientes Volkswagen. O resultado foi um estilo próprio, com fortes linhas de caráter. O grande destaque é o vinco que margeia a entrada de ar e corta o espaço entre o conjunto ótico principal e os faróis de neblina. Bem marcada, essa linha de caráter teve como referência o estilo do Volkswagen Arteon e dá ao Novo Polo nacional uma identidade visual diferenciada.

Cada detalhe do Novo Polo foi criado do zero. As grandes superfícies de vidro dos faróis de neblina e indicadores de direção chamam a atenção na lateral do carro. Elas terminam em ângulos com contornos tridimensionais. Entre elas ficam duas entradas de ar: uma em forma de “V” no meio e uma segunda entrada estreita que se alonga por toda a largura. Aqui, mais uma diferença do modelo que será comercializado no Brasil, o Novo Polo produzido na fábrica Anchieta tem visualmente uma “boca” maior do que a do modelo europeu. O contorno da grade inferior do para-choque é maior, alinhando o visual dianteiro do modelo nacional às expectativas dos clientes.

Os faróis e a grade do radiador formam a “cara” do Novo Polo, que se estende por toda a largura do veículo. O para-choque foi desenhado para realçar a largura do veículo e o capô, com contornos bem pronunciados, é maior do que antes.

Linhas laterais inéditas – Uma linha dupla em forma de flecha é a marca registrada no design do Novo Polo. A superfície dessa linha é levemente alargada e termina com um corte afilado para baixo. A linha dupla mais acima começa na coluna “C” e se projeta visualmente para os para-lamas dianteiros. A segunda, mais abaixo, se desenvolve do grafismo 3D das lanternas traseiras e também se estende para a frente nos para-lamas dianteiros, onde sobe ligeiramente, encontrando a linha superior. Essa linha de caráter define o perfil lateral do carro, formando uma forte seção de “ombros” e dando ao Novo Polo uma atitude rebaixada e esportiva.

Vincos marcantes no capô – Eles saem das colunas “A” e correm em forma de “V” para o lado interno dos faróis e da grade do radiador. Adicionalmente a essas linhas, outros dois elementos de estilo correm pelo meio do capô e terminam na grade do radiador. A barra transversal superior da grade é pintada na cor da carroceria e se une às linhas dos faróis à esquerda e à direita. Isto dá ao capô uma aparência visual mais baixa. Ao mesmo, reforça a maior largura do Novo Polo. Os faróis de perfil baixo dão ao carro uma aparência mais concentrada, voltada para a frente. A segunda barra da grade do radiador é cromada e começa nas laterais do logotipo Volkswagen, unindo as linhas cromadas dos faróis. A nova assinatura das luzes de condução diurna em LED – ao lado dos faróis de neblina – também é inconfundível.

Traseira com estilo limpo e equilibrado – O design da traseira do Novo Polo conta com arquitetura limpa e equilibrada. As novas lanternas traseiras trapezoidais têm assinatura luminosa diferenciada. O conjunto ótico forma um “L” invertido, criando uma identidade visual noturna personalizada para o Novo Polo.

Uma linha horizontal sob as lanternas na tampa traseira, que se desloca para o para-choque, reforça a largura do Novo Polo desta perspectiva. O difusor, integrado ao para-choque, traz elementos que evidenciam a esportividade.

Interior revolucionário: bem-vindo ao mundo digital

Pode anotar: um novo design de painel e interior para os modelos compactos da Volkswagen está surgindo com o Novo Polo. O foco do desenvolvimento da cabine foi no contínuo crescimento da digitalização dos mostradores e controles, assim como da conectividade, o que exigiu soluções inéditas. Outra premissa do projeto: dar ao interior do Novo Polo personalidade única.

Uma nova orientação – Os designers fugiram completamente do visual orientado verticalmente do painel das outras gerações do Polo e desenvolvem uma ousada arquitetura horizontal. Como sempre acontece no design interno, essa arquitetura é definida inicialmente pelos módulos usados no painel. No caso do Novo Polo, os designers levaram muito a sério a lógica de que “a forma segue a função”, pois um novo mundo digitalizado estava sendo criado.

A interação entre o painel Active Info Display e os sistemas de infotainment tornou necessárias novas interpretações. A nova arquitetura do painel começa com o objetivo de posicionar o sistema de infotainment muito mais acima do que antes, para poder ficar na linha direta de visão do motorista. Como o display tinha que se unir visualmente aos instrumentos para criar uma “ilha”, também ficou claro que as saídas de ar centrais tinham que ir para baixo. Tudo isso resultou em uma arquitetura para o painel contemporânea, introduzindo uma nova era de digitalização e conectividade na categoria.

Um eixo visual e de controle elevado – Todos os módulos principais – exceto os da unidade do ar-condicionado – foram integrados no painel superior. As saídas de ar laterais são íntegras nas extremidades esquerda e direita. Localizado no meio da “ilha” preta brilhante fica a tela protegida por vidro do sistema de infotainment. O único botão adicional nessa área é o do interruptor do pisca-alerta. À esquerda, a “ilha” em preto brilhante dos controles chega ao nível dos instrumentos. Isso cria uma paisagem coerente para o cockpit digital, especialmente em conjunto com o Active Info Display.

No nível abaixo estão os controles do ar-condicionado. O painel horizontal é levemente inclinado para o motorista no centro. Isso também acontece com o console central, com a empunhadura do câmbio e os botões das várias funções de condução do carro. Uma barbatana cerca a lateral externa direita do console central. O somatório de todas essas ações: um interior esportivo e inovador.

volkswagen@maxpressmail.com.br