Whey Protein: por que praticantes de musculação precisam tomar o suplemento de proteína

O whey protein é o suplemento predileto do universo fitness, consumido por milhões de frequentadores de academia mundo afora. A busca por um corpo bem definido, saudável e cheio de músculos é uma jornada de três vias (todas sob supervisão profissional): dieta, exercícios e suplementação. Segundo um estudo recente realizado pela revista científica Amino Acids, foi comprovada a eficiência da suplementação de proteínas, especialmente no pós-treino. Mas você sabe por que é preciso recorrer aos suplementos alimentares para otimizar resultados da musculação?

Nem sempre por meio da alimentação conseguimos o aporte proteico recomendado: nossa rotina muitas vezes não permite a ingestão ideal de vitaminas, fibras, proteínas, carboidratos, ácidos graxos, aminoácidos e minerais. Consumir tudo sempre fresco, na quantidade certa e na frequência ideal é, para muitos, uma missão impossível. Quantas vezes não substituímos refeições pelo combo suco + sanduíche? Em razão disso, é preciso buscar um fonte de nutrientes mais potente, capaz de prover vitaminas na proporção ideal.

Utilizado por praticantes de musculação, o whey protein nada mais é do que a proteína extraída do soro do leite, que possui um alto teor de concentração biológica e promove o aumento de massa muscular. Saiba por que o suplemento é recomendado para atletas profissionais e amadores.

Por que tomar whey protein?

Consumo ideal de proteínas

Imagine comer frango em grande quantidade diariamente, por meses a fio. Além de o prato se tornar enjoativo, a ingestão desenfreada de proteínas pode sobrecarregar o fígado, os rins, dentre outros males para a saúde. É nesse momento que o whey entra na dieta, oferecendo o aporte proteico ideal e permitindo um desenvolvimento muscular mais rápido.

Absorção rápida

Ao ingerirmos carne, é preciso bastante tempo até que os aminoácidos sejam assimilados pelo organismo. O whey, por outro lado, quebra as proteínas em seus componentes básicos, disponibilizando aminoácidos rapidamente para o corpo, agilizando o crescimento e a reparação dos tecidos musculares.

Consumo de proteínas combinadas

Para otimizar ainda mais os resultados, o whey protein também pode ser consumido com outros suplementos, como BCAA´s, creatina, caseína e albumina. Além de melhorar a performance e evitar o overtraining, a combinação (que deve ser prescrita por um nutricionista de sua confiança) é altamente benéfica para ganho de massa muscular.

Proliferação de células satélites

Sob o ponto de vista bioquímico, há um processo de ativação da ultra-estrutura do músculo esquelético do qual fazem parte as chamadas células satélites, estruturas mononucleares capazes de aumentar a quantidade de fibras musculares e responsáveis por sua regeneração. Com a suplementação à base de whey essas células são ativadas na hora do treino, promovendo a recuperação e o remodelamento muscular.

Metabolismo acelerado

O whey protein promove o aumento de massa muscular e, consequentemente, faz com que  o corpo queime mais calorias, o que significa menos gorduras e uma forma mais enxuta, com músculos aparentes e bem definidos. Vale lembrar que o whey é livre de gorduras e carboidratos e é altamente recomendado para quem deseja perder peso. Além disso, o suplemento melhora a performance e diminui os efeitos do overtraining.