Assaí Atacadista inaugura segunda unidade em Londrina

Com investimento de R$ 20 milhões, loja deve gerar aproximadamente 500 empregos diretos e indiretos na região

O Assaí Atacadista, uma das maiores redes de atacado de autosserviço do Brasil, inaugura, no dia 22 de setembro, sua segunda unidade em Londrina. A loja demandou R$ 20 milhões em investimentos e deve gerar aproximadamente 500 empregos diretos e indiretos na região.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Londrina é a segunda maior cidade do Paraná e possui papel importante na economia não só da região, como também do Estado. “A cidade de Londrina é um polo importante para o desenvolvimento do Paraná e faz parte da estratégia do Assaí investir no atacado de autosserviço no interior do Estado, uma vez que a região possui perfis de potenciais clientes favoráveis ao negócio”, explica o presidente do Assaí Atacadista, Belmiro Gomes.

A loja, localizada na Avenida Saul Elkind nº 2211 (próximo ao Cemitério da Saudade), possui mais de 8 mil m² de área construída, sendo 3,2 mil m² de área de vendas, e atenderá pequenos e médios comerciantes, transformadores (donos de lanchonetes, restaurantes, pizzarias), além dos consumidores finais, atraídos pelo preço baixo e economia característicos do setor. Um dos atrativos das lojas do Assaí é a política de dois preços. Isso quer dizer que a partir de uma pequena quantidade de um determinado produto do mesmo sabor, fragrância ou tipo, já é possível pagar o valor de atacado e economizar. O cliente não precisa comprar uma caixa de um produto para conseguir valores mais competitivos. A partir de pequenas quantidades isso já é possível.

Crescimento

O Assaí tem apresentando números significativos de crescimento: no primeiro semestre deste ano, por exemplo, a rede cresceu 28,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. O crescimento do Assaí pode ser explicado a partir de alguns fatores. Um deles é a assertividade do negócio e a adequação aos diversos públicos que frequentam as lojas, sejam eles consumidores finais em busca de economia, sejam empreendedores que buscam preço baixo para fazer girar o seu negócio de forma viável.

Além disso, o momento econômico mais desafiador que o País vive nos últimos dois anos também colaborou para que as pessoas buscassem formas alternativas para economizar e encontraram no atacado uma opção que vale a pena. De acordo com dados da Nielsen, aproximadamente 10 milhões de famílias migraram dos supermercados e hipermercados para fazer suas compras de abastecimento nas lojas de “atacarejo” atraídos principalmente pelo preço. A Nielsen também aponta que uma compra em uma loja de atacado pode ser de 15% a 20% mais em conta, no valor final, na comparação com um canal de varejo tradicional. “Soma-se a esse cenário a aceleração da expansão do segmento, bem como do Assaí propriamente dito. Com o crescimento e a abertura de novas lojas do segmento, regiões e cidades que antes não tinham lojas de atacado nos arredores passam a conhecer o segmento e optar por realizar suas compras nesse canal. Desta forma, o atacado chega a novos lugares, atraindo novos públicos e se popularizando”, analisa Belmiro Gomes.

O segmento

Uma pesquisa inédita realizada pelo Data Popular em parceria com o Assaí Atacadista em outubro de 2016 constatou que os consumidores finais estão optando, cada vez mais, pelo atacarejo. Dentre os entrevistados, 56% afirmam ter passado a fazer compras no segmento por conta da crise e, destes, 98% dizem que pretendem continuar comprando quando a situação melhorar. Esses clientes vão às lojas com duas finalidades: compra abastecedora e de reposição. Na primeira, 58% dos clientes dizem ir apenas uma vez por mês às lojas, enquanto 15% vão a cada 15 dias. Para reposição, 39% vão de uma a duas vezes por semana e 28% a cada 15 dias. A pesquisa do Data Popular confirmou que o preço é o que mais atrai o cliente das lojas de “atacarejo” a continuar comprando no segmento. Quando se pergunta ao cliente o motivo pelo qual ele decidiu realizar suas compras no Assaí, o preço realmente aparece com destaque, com 83% das citações, seguido por variedade de produtos (36%), localização da loja (35%) e promoções (34%).

 

Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista possui 113 unidades em 16 estados (AL, AM, BA, CE, DF, GO, MS, MT, PA, PB, PE, PR, RJ, RN, SE, SP). Negócio de atacado do GPA, a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2016, a rede inaugurou 13 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 15,7 bilhões, expansão de 39,2% em relação ao ano anterior.