Designer paranaense vai surpreender no (IN)Consciente Coletivo

Criatividade é a nova ordem na economia que já se rendeu também ao compartilhamento de ideias, não apenas de espaços. Dentro desta perspectiva, Sheila Gouveia se sobressai e abre ainda mais caminho ao participar, no próximo final de semana, dias 30 de setembro e 01 de outubro, do (IN)Consciente Coletivo. O evento, com foco na economia criativa e compartilhamento de ideias, acontece em Joinville, reunindo makers dos mais diversos segmentos, que hoje já representam uma parcela significativa na produção nacional.

Defensora de atitudes conscientes, seja qual for o ramos, Sheila surgiu no cenário com peças autorais que desenvolvida para lojas de museus. A partir daí, investiu em formação e se lançou num novo negócio, de pequeno porte, mas de enorme visibilidade. Apaixonada por moda e gastronomia, uniu o útil ao agradável – como ela mesma fala – e lançou a Gennuina, com instigantes produtos para o universo da casa. Começou com panos e têxteis de cozinha, de estampas exclusivas e únicas, “para unir os conhecimentos em tecidos, confecção, design gráfico, desenvolvimento de produto e, é claro, comida!”, conversa a designer.


De lá pra cá, foi ampliando o portfólio, buscando matérias-primas locais certificadas, apresentando novos itens e cada vez mais especiais. Tudo sozinha. Vez por outra recorre a outros profissionais que, assim como ela, seguem carreira solo. Os eleitos são sempre os que estão mais próximos do seu escritório ateliê – em Curitiba mesmo ou em cidades circunvizinhas, distantes não mais que 300km de onde ela fica. “Assim, acredito que incentivo a produção local em vários níveis e também preservo a natureza, já que uma das etapas mais poluentes em qualquer processo produtivo é o transporte de mercadorias, que provoca emissão de CO2 e degradação de recursos naturais para a obtenção de combustível”, defende Sheila Gouveia.

O nome da sua marca não vem por acaso. Além de todos esses cuidados com questões de sustentabilidade ela também preza por produtos em pequena escala, com edições limitadas, que estão disponíveis no e-commerce ou em feiras como o (IN)Consciente Coletivo – que ela participa pela primeira vez. “Estou bastante ansiosa! Sempre ouvi só elogios ao evento. Será uma ótima oportunidade para conhecer o público, as outras marcas e a história e conquistas da economia criativa e colaborativa da região”, finaliza a designer paranaense.

 

Crédito das fotos: Renata Wajdowicz