Expositores comemoram aceitação do público à Vila Verde Catuaí

Muito mais que somente uma questão de saúde, os produtos orgânicos e naturais estão passando a fazer parte de um novo estilo de vida que vem surgindo entre um novo perfil de consumidores. Prova disso foi o movimento garantido nas três primeiras edições da feira Vila Verde Catuaí. O evento, que teve início em agosto e vai até o final de novembro, traz o melhor dos hortis, orgânicos, laticínios, pães, doces, compotas, shiitakes e artesanato, tudo para agradar quem passar pela feira.

A expositora responsável pelos produtos agroecológicos da Estância Baobá, Lívia Trevisan, celebrou o interesse dos visitantes pelos itens que prezam não só pela saúde de seus clientes, mas também por um futuro sustentável. “Boa parte das pessoas ainda não sabe muito sobre agroecologia. Além de explicarmos como tudo é feito, o cliente ainda tem a oportunidade de degustar e conhecer o que está sendo oferecido. O retorno tem sido muito positivo”, explica. Trevisan também pretende investir nas frutas de época que estão vindo por aí, como a jabuticaba e a lichia, para elaborar geleias e licores desses sabores tão especiais nas próximas edições.

Já o produtor da Pousada Marabú, Adrian Saegesser, aposta na inovação dos seus salgados veganos para atrair cada vez mais o público interessado nas novidades sem glúten. “Os visitantes, muitos ainda não adeptos de uma alimentação mais saudável, ficaram impressionados com a variedade dos produtos que nem sempre são fáceis de encontrar. Quem já visitou a feira está voltando e trazendo ainda mais pessoas para conhecer o espaço”, destaca o expositor. Saegesser também faz questão de ficar atento aos pedidos feitos pelos clientes que querem saborear na hora seus famosos salgados.

Quem também viu de perto o retorno dos visitantes foi a padeira Pricila Cantú, da Forno Home Made, que trabalha com pães artesanais feitos a partir de receitas caseiras com fermentação natural. O resultado? Pães sem conservantes e fresquinhos. “A resposta dos consumidores tem sido a melhor possível. Eu percebo um novo público. Poucas pessoas são adeptas de produtos sustentáveis, já que são mais caros. Meu pão, por ser artesanal, tem custo superior ao do mercado. Mas mesmo assim, tem muita gente interessada em ter maior qualidade de vida consumindo produtos mais saudáveis”, relata a expositora, que ainda se diz surpresa com o bom saldo nas vendas.

Para quem ainda não conhece esse espaço tão diferenciado, vale a sugestão: a feira Vila Verde Catuaí acontece nas noites de toda quarta-feira, das 17h às 22h, na área externa em frente à entrada principal do Catuaí Shopping.