Minerais são essenciais para o desenvolvimento animal, afirma especialista

A utilização dos macros e micros minerais na alimentação é um fator fundamental e determinante para o aumento do desenvolvimento e da produtividade animal. É o que afirma a analista técnico comercial da Quimtia Brasil, Lidiane Maciel, empresa especializada na produção de insumos e ração.

De acordo com a especialista, alguns índices de desempenho e produtividade encontrados nos bovinos, por exemplo, podem estar relacionados à quantidade de mineral fornecido durante a alimentação do animal. Para ela, a suplementação deve garantir que as deficiências minerais encontradas nos alimentos (forragens e concentrados) sejam corrigidas.

“Cada mineral desempenha função específica e substancial para o crescimento, desenvolvimento, manutenção e produtividade do animal, sendo que a exigência varia de acordo com o estado fisiológico (gestação, lactação, crescimento, engorda ou terminação), idade, raça e adaptação animal”, comenta.

Uma das formas mais eficaz e também mais utilizada é a suplementação ad libtum (à vontade). Esta prática facilita o suprimento das misturas minerais, uma vez que se tem na composição o sódio. “Os bovinos têm um apetite característico por sódio, o que o torna o principal controlador de consumo das misturas, desta forma acaba sendo utilizado também como veículo para a ingestão dos outros minerais”, afirma.

Ainda segundo a especialista, outro fator de extrema importância para o sucesso da suplementação é a garantia da origem, qualidade, disponibilidade e palatabilidade dos minerais oferecidos.