Proteger é tão importante quanto inventar

A patente além de proteger a propriedade intelectual do seu invento da visibilidade a todos os mercados

O Brasil é um país criativo e inovador, mas nem sempre está preocupado em proteger as suas invenções. Patentear um produto ou uma ideia é proteger a sua autoria, mas também a garantia de comercialização exclusiva. Para desmitificar que patentear um produto é algo intangível a Defere Propriedade Intelectual está presente na 5ª edição da Femai que conta com a participação da InnovaCities.

O diretor da Defere, Wagner Crosatti explica que o registro de patentes trabalha na perspectiva de garantir que um produto tenha uma vida de 15 a 20 anos de venda exclusiva. “Embora as pessoas já ouviram falar de patente, poucas sabem como funciona, como é o processo, que tipo de proteção ela traz.  Geralmente fizemos este trabalho de sensibilização dos inventores através de palestras e treinamentos, porque essa é nossa missão: difundir a propriedade intelectual”.

A Femai reúne diversos inventores que estão expondo seus produtos, e nesta edição, com o reforço da InnovaCities  atrai outros segmentos de criação, como as Universidades, tornando o ambiente propício para uma ação de conscientização. “Percebemos a oportunidade que é esta Feira para disseminarmos como resguardar a propriedade intelectual e o quão importante é proteger o seu invento, ou ainda, entender qual é o valor da marca de uma empresa”, destaca o diretor da Defere.

Wagner Crosatti explica que as empresas que seguem um planejamento tomam o cuidado com a propriedade intelectual. “Estas empresas geralmente, antes mesmo da prototipagem já fazem a proteção, mas ainda existem empresas que, às vezes, acham que é algo difícil, complicado e distante, por isso estamos aqui para esclarecer, que o processo não é complicado desde que você esteja bem assessorado”.

O Custo para desenvolver uma marca é muito elevado para correr riscos. “O custo de uma patente pode chegar entorno de 4% do custo total do desenvolvimento do produto, ou seja, se gastou R$ 200 mil no produto, o registro da patente pode chegar a R$ 8 mil. O que vai assegurar a exclusividade por um período que pode chegar a 20 anos”, avalia Crosatti.

A Defere também é autorizada a realizar o credenciamento de produtos junto ao BNDES tornando-os aptos a financiamento. “Atuamos nas duas frentes: fazemos à patente e garantimos a viabilidade da venda. Estamos falando de produtos de alto custo, nem sempre os interessados compram estes produtos à vista. A Defere assumiu também este trabalho, ou seja, realiza o cadastramento dos produtos junto ao BNDES ou pelo Finame”.

A Femai segue até sexta-feira (22), no Centro de Eventos Ismael Sperafico , e a Defere Propriedade Intelectual estará orientando a todos os interessados sobre as formas para garantir a exclusividade do seu invento.

1 Trackback / Pingback

  1. Proteger é tão importante quanto inventar

Comentários não permitidos.