Art Garage abre as portas para a produção londrinense

A Aliança Francesa de Londrina (Rua Antonio de Moraes Barros, 44) promove, no dia 28 de outubro, a segunda edição do evento Art Garage, das 18h às 22h, que irá reunir artistas das mais variadas linguagens, como música, artes visuais, literatura e cinema. A proposta é abrir espaço para a produção cultural local, divulgando os artistas londrinenses. A Prosa- Cursos e Consultoria é empresa parceira na organização do evento.

Os convidados desta edição do Art Garage são o artista transmídia Hígor Mejïa, do Ateliê Coletivo Casa Madá, a fotógrafa Renata Cabrera, a banda The Weird Family, o poeta Matheus Migotto e escritores convidados do Sarau da Prosa, sob o comando da escritora Karen Debértolis.

O público poderá passar por várias “estações” ao longo das quatro horas de evento. Higor Mejïa apresenta seus novos trabalhos em vários suportes e também o curta-metragem Mister H, em que ele interpreta o personagem principal dirigido pelo francês Bernard Payen. A fotógrafa Renata Cabrera expõe alguns de seus registros da série prazeuropa, trazendo um olhar peculiar sobre o velho continente. Como ela mesma afirma, fotografias registradas na “câmera e na mente”.

A programação contará ainda com um bate-papo sobre poesia concreta com o poeta londrinense Matheus Migotto. Ele parte de sua própria produção literária para levar o público a “uma viagem pelas entranhas verbivocovisuais dos concretistas” em que apresenta a história e a poesia deste importante movimento literário brasileiro. Em seguida, os convidados da escritora Karen Debértolis participam do Sarau da Prosa fazendo a leitura de textos autorais.

A banda The Weird Family, que tem influências do  folk, old time music, música latina, brasilidades, pop e bluegrass, fecha a programação da noite apresentando músicas de repertório próprio. A banda é formada por Suy Correia Bernardi (voz principal, violão e banjo) Mariana Franco Estigarribia (baixo acústico e backing vocal) e Taciana Bernardi Jorge (beatboard, derbake e backing vocal)
.

Durante o evento, os artistas estarão comercializando livros, cds, quadros e fotografias.

 

Serviço:

Art Garage – 2ª edição

Quando: 28 de outubro de 2017

Horário: das 18h às 22h

Onde: Aliança Francesa de Londrina (Rua Antonio de Moraes Barros, 44)

Contato:

Caetano Ricardi – (43) 3324-7508

Fotos anexas:

exposição – Renata Cabrera

higor mejia – quadro da exposição

Verminasce – poema concreto de Matheus Migotto

The Weird Family – foto banda

 

 

Sobre os artistas:

Hígor Mejïa é artista transmídia, graduou-se em Artes Visuais (Universidade Estadual de Londrina) e tem Pós-Graduação em Cinema e Documentário (Faculdade Pitágoras). Atua em produções e atividades poéticas nas mais diversas plataformas de Arte, como pintura, escrita, instalação e performance. Trabalhou em equipes de direção de Arte no Cinema e no Teatro, além de atuar em alguns curtas premiados local e internacionalmente. Entre eles As origens do Pop e Mister H, dirigidos pelo cineasta francês Bernard Payen. Atualmente coordena o espaço Casa Madá – Ateliê Coletivo, no qual elabora e promove inúmeras circunstâncias de expansões poéticas e de sensibilidades sutis, articulando, geralmente em grupo, estratégias que envolvem micropolíticas voltadas para Arte ativa no cotidiano.

Teaser Mister H:  https://vimeo.com/97821457

Teaser As origens do POP: https://vimeo.com/140734867

 

The Weird Family é uma banda brasileira que nasceu em janeiro de 2016, em Londrina, realizando shows pelas ruas da cidade. Segundo as integrantes, a rua é “um palco mais livre” e esta ideia motivou a escolha de estrear em meio ao cenário urbano. The Weird Family é composta por Suy Correia Bernardi (Voz principal, violão e banjo) Mariana Franco Estigarribia (Baixo acústico e backing vocal) e Taciana Bernardi Jorge (Beatboard, derbake e backing vocal)
A banda tem  influências de folk, old time music, música latina, brasilidades, pop e bluegrass. Em maio de 2016, a banda lançou seu primeiro single intitulado ‘Shiver’ com vídeo disponível no YouTube e Vimeo. A estreia em um palco convencional foi durante o Festival Demosul, em novembro do mesmo ano. Logo depois, lançaram o primeiro EP com quatro composições autorais. Uma parte da produção do EP foi viabilizada através da contribuição espontânea das pessoas que passaram pelas ruas durante as apresentações da banda. 
A banda já apresentou-se nos Sesc de Bauru, de São José do Rio Preto e de Piracicaba, além do SESI/AML de Londrina, Festival de Inverno, em Porecatu, e  Festival Goiânia Noise. Durante o mês de setembro fez uma temporada de apresentações em espaços no Rio de Janeiro.

Sarau da Prosa é um evento coordenado pela escritora Karen Debértolis que reúne escritores da cidade, os quais que participaram dos cursos de Escrita Criativa, oferecidos pela Prosa – Cursos e Consultoria. O microfone é aberto para os participantes convidados e também para a plateia que deseja fazer a leitura de poemas ou textos em prosa curta.

Renata Cabrera é jornalista formada pela Unopar e atualmente mestranda em Comunicação Visual na Universidade Estadual de Londrina. Cinéfila brazuca e roqueira (fã dos Ramones), como se autodefine.  Também é viciada no Instagram, cozinha, fotografa, mais recentemente fotografia para cinema,  e escreve crônicas, além de ser percussionista em uma banda.

Matheus Migotto é escritor e engenheiro elétrico. Publicou o livro “Menos E Elevado a I Pi” (Editora Íthala) em que trabalhou na produção desde a criação dos poemas concretos até a diagramação. Atualmente trabalha na finalização de seu segundo livro de poemas. Influenciado pelo movimento da Poesia Concreta, tem se dedicado ao estudo dos conceitos e na experimentação nesta vertente da literatura brasileira.

kdebertolis@gmail.com