Maringá sediará encontro internacional de normatização de Informática em Saúde

Maringá – PR, outubro de 2017 –  Maringá se prepara para receber especialistas em normatização em saúde de mais de 60 países durante o Encontro do ISO TC215 – ABNT/CEE78IS (Associação Brasileira de Normas Técnicas – Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde). Promovido pela ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas, por meio da Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde (CEE-IS), o evento acontecerá entre os dias 20 de abril e 04 de maio de 2018, no campus da UniCesumar, em Maringá – PR. Andréia Santos, Consultora de Gestão e Tecnologia em Saúde da Unidade TECHGOV da DB1 Global Software e vice-relatora do GT1-Arquitetura, Modelos e Frameworks da CEE78IS, presidirá o evento.

O Brasil vem passando por uma transformação importante nos sistemas de informação em saúde, marcada por iniciativas como o Sistema e-SUS AB do Ministério da Saúde e outros diversos sistemas que apoiam a saúde no país, bem como algumas iniciativas de padrões, induzindo melhorias na organização da atividade de saúde.Dessa forma, o processo de certificação de software para a saúde, uma iniciativa conjunta do Conselho Federal de Medicina (CFM), com a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS), tende a exigir maior preparo dos fornecedores e usuários de software para a saúde, qualificando ainda mais os sistemas implantados nas instituições de saúde.

A elaboração de padrões para informática em saúde requer conhecimento profundo do assunto e a avaliação permanente das experiências bem-sucedidas, em âmbito nacional e internacional. Com esta missão, a Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde da ABNT participa ativamente do Comitê Técnico de Padrões para Informática em Saúde (ISO-TC 215 Health Informatics) da Organização Internacional de Normalização (ISO).O ISO-TC215 é constituído por especialistas de cerca de 60 países de todo o mundo com o objetivo comum de formular e harmonizar padrões para tecnologia da informação em saúde. Estes padrões são utilizados por indústrias, governos, produtores de software e organizações de saúde possibilitando o intercâmbio de dados e promovendo a melhoria da qualidade do atendimento aos usuários dos serviços de saúde.Anualmente ocorrem duas reuniões do ISO-TC215 em um dos países integrantes. Tendo participado destes encontros, inicialmente como país observador, o Brasil gradativamente ampliou e aprimorou sua representação, passando a membro com direito a voto, influindo nos padrões elaborados pelo comitê e propondo novos itens de trabalho, numa demonstração do crescimento do uso da tecnologia da informação em saúde no país.

No encontro ocorrem reuniões específicas para cada grupo temático do ISO-TC215, assim definidos:

• GT1 – Arquitetura, Frameworks E Modelos

• GT2 – Interoperabilidade De Sistemas E Dispositivos

• GT3 – Conteúdo Semântico

• GT4 – Segurança Da Informação e do Paciente

• GT5 – Cartões de Saúde• GT6 – Farmácia e Medicamento

• GT7 – Dispositivos (incluindo Telessaúde)

• GT8 – Requisitos de negócios para Registro Eletrônico de Saúde

• GT9 – Harmonização de padrões.