Templo Luterano recebe concerto do Coro da Camerata em homenagem aos 500 anos da Reforma

O Coro da Camerata Antiqua de Curitiba celebra os 500 anos da Reforma Protestante com um concerto histórico neste sábado (28), às 17h, no Templo Luterano, também conhecido como Igrejinha. A frase “A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço”, de Martinho Lutero (1483-1546), dá título ao programa que é reforçado nas obras executadas pelo Coro sob a regência de Mara Campos e acompanhamento da organista Clenice Ortigara.

O repertório, já executado em outros dois concertos na Capela Santa Maria, é uma homenagem do Coro da Camerata aos cinco séculos da Reforma tendo como ponto de partida os primeiros hinos protestantes, compostos por uma linhagem de compositores desconhecidos do grande público, que reverberaram os ideais reformistas e aprimoraram seu hinário emblemático, como Balthasar Resinarius e Melchior Franck.

Autores consagrados que revalidaram o diálogo com a comunidade em seus escritos também serão apresentados, como Heinrich Schütz e Michael Praetorius. Ganham destaque ainda as obras aguardadas como “Castelo forte é nosso Deus” e “Non moriar sed vivam”, de Martinho Lutero e a Jesu, meine Freude (BWV 227) e Ein feste Burg ist unser Gott (Cantata BWV 80), de Johann Sebastian Bach (1685-1750).

“A música exerceu um papel fundamental na proposta reformista na superação desse conflito histórico e em meio a tantos outros embates carentes de tolerância e entendimento”, explica a maestrina Mara Campos. “Compreender e participar eram os pilares da reforma, e desejamos apresentar isso no concerto. Lutero, ele mesmo compositor e admirador da obra de Josquin desPrez, uniu-se a intelectuais, músicos e escritores com o intuito de tornar acessível à congregação, tanto a leitura das escrituras, como a celebração dos ritos litúrgicos em língua alemã, antes praticadas apenas em latim”, conclui Mara.

 

Histórico – A Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão criado no início do século XVI por Martinho Lutero. Através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517, na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, Lutero protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano. Foi apoiado por vários religiosos e governantes europeus, provocando uma revolução religiosa, iniciada na Alemanha, estendendo-se pela Suíça, França, Países Baixos, Reino Unido, Escandinávia e algumas partes do Leste europeu, principalmente os Países Bálticos e a Hungria. A resposta da Igreja Católica Romana foi o movimento conhecido como Contrarreforma ou Reforma Católica, iniciada no Concílio de Trento. O resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e os reformados ou protestantes, originando o protestantismo.

 

Serviço:
Coro da Camerata Antiqua de Curitiba faz concerto em homenagem aos 500 anos da Reforma Protestante
Regência: Mara Campos

Data: 28 de outubro

Horário: 17h

Local: Templo Evangélico Luterano (Rua Inácio Lustosa, 309– ao lado do Shopping Mueller)

imprensa@fcc.curitiba.pr.gov.br