26º Encontro Sul-Brasileiro de Veículos Antigos reuniu mais de 800 veículos e mais de 8.500 mil visitantes em quatro dias de exposição

Considerado um dos maiores eventos de veículos antigos da América Latina, o Sul-Brasileiro aconteceu entre os dias 16 e 19 de novembro no Expotrade em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Participaram veículos raros e com mais de 100 anos de fabricação. Crédito de foto: Fabiano Guma

Entre os dias 16 e 19 de novembro o município de Pinhais, localizado na Região Metropolitana de Curitiba/PR, sediou o 26º Encontro Sul-Brasileiro de Veículos Antigos. Realizado pelo Veteran Car Club do Paraná e pela Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), o evento aconteceu no pavilhão de exposições do Expotrade Convention Center e recebeu mais de 8.500 mil visitantes, superando as expectativas mesmo com mau tempo durante o fim de semana, e mais de 800 veículos inscritos (entre exposição e venda) de todos os gêneros (caminhões, automóveis, motos e bicicletas).

Crédito de foto: Fabiano Guma

“Independente de imprevistos decorrentes do clima, o evento transcorreu de maneira magnífica, expondo aos visitantes um belíssimo acervo da indústria automobilística mundial. A receptividade dos expositores foi grandiosa, e felizmente recebemos diversos elogios de companheiros de outras cidades e estados. Acreditamos ser, em números, o maior Encontro Sul Brasileiro já realizado no estado do Paraná. Isso tudo em um local coberto”, comemora Bernardo Heller, um dos organizadores do evento.

Crédito de foto: Fabiano Guma
Crédito de foto: Fabiano Guma

Além das 22 categorias premiadas, que agruparam os veículos por data de fabricação, país de origem entre outros detalhes, duas categorias principais tiveram seus premiados desfilando pelo salão do coquetel de encerramento. Um deles, ganhador do Troféu José Aurélio Afonso, entregue pela Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), foi um Ford 1946 SUPER DE LUXE CONVERSÍVEL, que foi adquirido zero-quilômetro por uma família de Curitiba e na mesma família permanece até hoje sem restauração. O segundo veículo recebeu o Troféu Especial Best Of Show, considerado pela comissão avaliadora como o melhor veículo da exposição. Quebrando alguns paradigmas de exposições anteriores, a comissão decidiu por prestigiar um veículo de grande relevância para indústria nacional. Foi escolhido como Best Of Show o Opala Las Vegas de 1972. Trata-se de um automóvel “conceito”, criado pela GM em 1972 e apresentado no Salão do Automóvel do mesmo ano como uma experiência para testar a reação do público para alguns itens que vieram a se tornar acessórios da linha Opala nos anos seguintes, como o teto em “meio-vinil”, que recebeu popularmente o apelido de Las Vegas, exatamente por conta do modelo assim batizado e apresentado no salão. O veículo, após décadas praticamente “desaparecido”, e descaracterizado, foi resgatado por um colecionador de Santa Catarina, que após anos de pesquisa histórica o restaurou e o trouxe novamente ao seu estado original, como apresentado ao público em 1972.

Crédito de foto: Fabiano Guma

A exposição ainda contou com diversos veículos raros e até únicos. Alguns destaques como o protótipo de competição da categoria “Divisão III”, desenhado e construído por Anísio Campos em 1968, e que após anos desaparecido foi resgatado e arduamente restaurado por um membro do Veteran Car Club. Destaque também para o Ford Galaxie Landau 1976, que na ocasião da visita do Papa João Paulo II (Karol Józef Wojtyła) a Curitiba em 1980 fez todo o trajeto com Vossa Santidade. Na entrada da exposição, era possível encontrar três variações do famoso Ford Modelo T, que revolucionou os sistemas construtivos de automóveis no início do Século XX, todos em plenas condições de funcionamento. Um deles, de 1919, jamais foi restaurado, e apresenta em sua pintura e estofamento todas as marcas deixadas pelo tempo e ainda assim, chegou ao evento rodando.

Crédito de foto: Fabiano Guma

Outros veículos chamaram a atenção do público, como os caminhões americanos Peterbilt, Kenworth, Chevrolet, Ford e FNM, além dos Customs e Hot Rods, de altíssimo nível de qualidade em sua construção. Curitiba é tida como referência na construção de Hot Rods no Brasil, e este evento foi uma enorme prova desta referência. A feira de peças, antiguidades e artigos também era vasta, contando com mais de 70 comerciantes de todo o país. Era possível encontrar um pouco de tudo.

Vinte e cinco clubes da capital e de outras cidades e estados estiveram presentes no evento com ilhas exclusivas, expondo seus veículos, além de outros 30 clubes de todo o país que estavam representados com veículos inscritos individualmente, ou apenas por seus colecionadores, que não estavam expondo mas vieram prestigiar este belo evento.

Sobre o Veteran Car Club do Paraná
O VETERAN CAR CLUB – CLUBE DE AUTOMÓVEIS ANTIGOS – PARANÁ, foi criado no dia 13 de julho de 1977 por um grupo de amigos, e tem como principal objetivo o congraçamento de seus associados e a preservação do automóvel antigo. Saiba mais em https://www.facebook.com/pg/veteranpr.

 

 

Serviço:
Veteran Car Club do Paraná
FB: https://www.facebook.com/pg/veteranpr
Realização: Veteran Car Club do Paraná e da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos)