ABIMAQ realiza evento em Curitiba comemorativo dos seus 80 anos

Diretoria nacional da entidade estará na cidade dia 8 de novembro, participando de almoço com empresários locais na sede da FIEP
A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) dá continuidade, em Curitiba, neste dia 8 de novembro, a uma série de atividades comemorativas aos seus 80 anos de existência. Na oportunidade, serão apresentados os principais desafios enfrentados pela indústria nacional e como a ABIMAQ poderá colaborar para a competitividade do setor. O almoço reunindo empresários e autoridades será no Campus da Indústria/Fiep (sala de convenções) e estão confirmadas as presenças do presidente da Conselho de Administração da ABIMAQ, João Marchesan, do presidente executivo, José Velloso; e de demais membros da diretoria. 
 
A ABIMAQ tem uma série de iniciativas que, ao longo das suas oito décadas, contribuíram para desenvolver o setor e torná-lo mais robusto e competitivo. Dentro da indústria de transformação, este é o setor que mais exporta no Brasil. Impossível imaginar o mundo sem as máquinas, que geram riquezas, facilitam e prolongam a vida, abreviam tempo e diminuem distâncias e, principalmente, acompanham a constante necessidade de consumo, estimulando o setor a produzir cada vez mais. A produtividade e a competitividade de uma economia são conquistadas com as máquinas. 
 
A força que move o Brasil
A ABIMAQ representa mais de 7,5 mil indústrias de máquinas e equipamentos, que juntas empregam mais de 300 mil empregados e somam um faturamento anual superior a R$ 70 bilhões.  Vem participando ativamente do desenvolvimento da indústria nacional de máquinas e equipamentos, contribuindo significativamente no processo de crescimento de todos os setores produtivos da nação, de acordo com o empresário Marcello Luparia, diretor regional da ABIMAQ-PR. Ele reconhece que o atual cenário é desfavorável, mas destaca a importância das gestões que a ABIMAQ vem realizando junto ao Governo Federal na tentativa de estancar o processo de desindustrialização do país e que este encontro empresarial resultará em excelente oportunidade para a apresentação dos pleitos do setor de bens de capital ao Governo.