Câncer de próstata e a importância do diagnóstico precoce

Novembro é o mês que marca inúmeras ações de conscientização e prevenção do câncer de próstata, segundo tipo de câncer mais comum entre o público masculino – projeções do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que, neste ano, cerca de 61 mil novos casos serão diagnosticados. Em prol da campanha Novembro Azul, a Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC) reforça a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Embora o risco de desenvolver o câncer dependa de múltiplos fatores, como idade, raça e história familiar, sabe-se que um entre oito homens, acima dos 40 anos, serão diagnosticados com este tipo de tumor, e em formas muito variadas, desde bem iniciadas a muito avançadas. “A falta de acompanhamento médico atrapalha o diagnóstico de tumores inicias. Quanto mais cedo a doença for identificada, maiores são as chances de sobrevida do paciente”, reforça o cancerologista Robson Moura, presidente da SBC.

A doença é, ainda, cercada de tabus, principalmente em razão do exame clínico, o toque retal – fundamental para identificar possíveis nódulos que podem ser o início da doença. “O check-up regular é fundamental, considerando que o tumor é sempre assintomático. Além do exame clínico, é feita a dosagem do PSA no sangue – se observado um aumento nos níveis desta proteína, produzida exclusivamente pela próstata, há a suspeita de doença na próstata”, diz Dr. Moura.

Fatores de risco
Diferentes fatores têm sido relacionados ao surgimento do câncer de próstata. Antecedentes familiares da doença, pele negra e obesidade têm uma maior probabilidade de desenvolver o câncer de próstata. “Hábitos alimentares pouco saudáveis podem causar sérios problemas de saúde e predispor o desenvolvimento de câncer de próstata. A prática de atividades físicas também pode ser usada como estratégia preventiva”, orienta o cancerologista.

Dicas para prevenir o câncer de próstata
· Cuide da alimentação;
· Consuma bebidas alcóolicas com moderação;
· Reduza a quantidade de gordura na alimentação, principalmente as de origem a animal;
· Pratique, no mínimo, 30 minutos de atividade física por dia.

Sobre a Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC)
A Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC) é um órgão sem fins lucrativos que promove e representa a especialidade no Brasil. Congrega cerca de 800 associados e é filiada à Associação Médica Brasileira (AMB). Fundada em 1946 a fim de apoiar e desenvolver o conhecimento técnico e científico da especialidade no país, a SBC emite o Título de Especialista em Cancerologia, conforme normas estabelecidas pela AMB, e visa fomentar o debate referente às problemáticas em torno do combate ao câncer no Brasil.

 

acacia@targetsp.com.br